Luiza Pires, jornalista júnior na Unisanta, fala sobre sua jornada profissional

618

Com moda, jornalismo e a linhagem “ceciliana”, ela escreve diversas matérias e cobre eventos para a Assessoria da universidade

“Se me contassem em 2017, no meu primeiro dia de aula, que eu trabalharia na Assessoria da universidade em alguns anos e participaria de vários eventos, eu não acreditaria. É surreal, de verdade.” Com inspiração nas diversas mulheres que atuam no Jornalismo como Laura Ancona, diretora de redação da Marie Claire, e Giovana Viana, coordenadora de Relações Públicas e Comunicação para a marca Prada no Brasil, Luiza Pires trabalha como jornalista júnior na Assessoria da Universidade Santa Cecília e tem uma história encantadora na área.

Sua caminhada com a Unisanta vem desde pequena, seus pais estudaram na universidade e namoraram na época. Seu pai se formou Engenheiro Civil, e a mãe, em Artes Plásticas. Além disso, uma tia chegou a dar aula no Colégio e seus irmãos mais velhos também são formados em Produção Multimídia pela Unisanta.

Em 2017, ingressou no bacharelado em Comunicação Social em Jornalismo e, no ano seguinte, em março de 2018, começou a fazer estágio no setor de Marketing da Unisanta, no qual escrevia textos para o blog sobre os cursos ofertados desde a graduação até a pós-graduação e a modalidade a distância, mercado de trabalho, entre outros assuntos.

Após um ano de estágio, em 2019, foi efetivada como auxiliar de mídia e ganhou mais funções como realizar o atendimento para os alunos e os interessados em ingressar na faculdade nas redes sociais e participar de eventos, como a abertura dos Jogos Unisanta. “Desde essa época, eu já estudava Jornalismo e tinha contato direto com a Assessoria, pois sempre foi um trabalho muito conjunto”.

Ela se formou em dezembro de 2020 e continuou trabalhando como auxiliar de mídia na universidade. Já no 2.º semestre de 2021, teve a oportunidade de começar a dar os primeiros passos na Assessoria com a produção de releases, matérias e cobertura de eventos, como um treinamento, e com o suporte das funcionárias que já atuavam no setor, felizmente foi promovida para Jornalista Júnior em fevereiro de 2022.

Entretanto, Luiza confessa que no início da faculdade, não achava que a Assessoria combinava com ela, por falta de conhecimento sobre a área, mas que começou a gostar quando teve aulas com a professora Kátia Locatelli e finalmente entendeu o trabalho de um assessor de imprensa e a importância que ele pode exercer para uma pessoa ou uma empresa inteira. Por isso que, quando houve a oportunidade de mudar para a Assessoria da universidade, ela ficou muito entusiasmada.

Além disso, Luiza menciona que sempre foi apaixonada por Moda e que foi sua primeira opção de faculdade quando adolescente, mas que também sempre amou Jornalismo de Moda e chegou a fazer curso sobre o assunto. Durante a faculdade, pensava em atuar em revistas ou no telejornalismo, porém atrás das câmeras ajudando na produção de um jornal ou escrevendo pautas. No momento, aos 23 anos, ela vê que Assessoria é o que mais ama e quer muito se especializar na área e seguir carreira desta forma.

“O que me motiva é sempre pensar que vou entregar o melhor trabalho possível, ajudando outros jornalistas a produzirem uma boa matéria sobre o que a universidade está fazendo naquele momento.”

“Ainda amo a área de Moda e sou apaixonada por cultura, como música, filmes e arte, consumo sempre um pouco de tudo. Acredito que se me obrigassem a seguir outra carreira além de Jornalismo, ainda teria seguido alguma carreira relacionada com comunicação ou cultura, talvez rádio e TV ou até design gráfico.” ressalta.

Por fim, Luiza explica que, trabalhando como assessora de imprensa, o networking será extenso e, por isso, a boa comunicação é a chave, sendo que a forma como tratar as pessoas e o trabalho que se esforça para entregar de uma excelente forma são os diferenciais para se destacar.