Porto às Cegas é finalista do Prêmio Comunidade em Ação, do Grupo Tribuna

61

O projeto Porto às Cegas, idealizado pelo diretor de Pós-Graduação da Unisanta, Rafael Pedrosa, é finalista do Prêmio Comunidade em Ação, do Grupo Tribuna. Selecionado entre os 20 melhores trabalhos, além de Pedrosa, também está à frente da empreitada o professor Sérgio Schina, gerente do laboratório de inovação da Unisanta – InovFabLab, que recebeu o devido destaque em matéria divulgada na edição impressa do dia 7/10, no Jornal A Tribuna.

Idealizado em 2021, o projeto Porto às Cegas oferece a possibilidade de deficientes visuais se sentirem dentro do Porto de Santos, por meio de um protótipo portuário de navios e contêineres, ambos feitos de propileno em impressoras 3D do InovFabLab – Unisanta. Áudios com os sons de navegação e de movimentação de cargas complementam o projeto.

Na página inicial, o trabalho ganhou espaço, com uma foto do professor Schina ocupando boa parte da capa, entre as chamadas de outros textos. Em matéria assinada pelo jornalista Ted Sartori, na página A-5, Pedrosa explicou como a ideia surgiu e os benefícios que ela trouxe para a comunidade. Ele se apresentou como professor e especialista no setor portuário e disse que ouviu dizer que a uma criança com deficiência visual gostaria de saber como era um porto e o que lá era feito, pois sempre tinham lhe dito que o local não poderia ser visitado por cegos. “A partir desse diálogo e de seu anseio por essa inclusão, surgiu a pedra fundamental do projeto, nascendo o Porto às Cegas”, recorda Pedrosa. “Eles nos permitiram dimensionar o alcance do projeto, medido pela felicidade dos participantes em poder ser integrados a um ambiente até então muito distante da vida deles, tornando-os parte do Porto, até então pouco compreendido por eles”, emenda.

Já Schina ficou responsável por falar sobre a construção da estrutura do projeto. Com a ajuda de sites internacionais, uma pesquisa profunda foi realizada, o que o ajudou na montagem dos moldes. “Os equipamentos utilizados foram, basicamente, impressoras 3D, cortadora a laser e software de modelagem 3D. A parte de braile foi feita à mão. As partes foram cortadas em pedaços, e fixamos as peças usando sopradores térmicos, aquecendo e derretendo o plástico para que elas grudassem”, explica o gerente do InovFabLab.

O que é o prêmio Comunidade em Ação? – A 20ª edição do Prêmio Comunidade em Ação é uma iniciativa do Grupo Tribuna e busca valorizar as ações voluntárias de grupos, instituições ou indivíduos em benefício de causas sociais de toda a região. Tem também como meta estimular, por meio da divulgação dos trabalhos, outros setores da sociedade a adotar a mesma prática, gerando, assim, uma corrente do bem.

O Grupo Tribuna, por intermédio de um júri, pré-selecionou 15 projetos, seguindo os critérios de Impacto Social, Grau de Mobilização, Aplicação de Competência e Originalidade, entre eles estão dois da Unisanta, Porto às Cegas e Observatório Chega. A premiação acontece no mês de dezembro.