Letícia Paschoaloni, aluna de Produção Multimídia, ficou em 1º lugar na Mostra de Design CriAtivar

192

A aluna do 4º semestre do curso de Produção Multimídia da Universidade Santa Cecília, Letícia Paschoaloni, foi a campeã da Mostra de Design da primeira edição do Festival Internacional Santista de Criatividade, Inovação e Sociedade, o CriAtivar, evento que reúne, neste ano de forma on-line, mentes criativas de diversas regiões e segmentos e que acontece entre a quinta-feira (24/09) e o domingo (27/09).

Natural de Santos, Letícia Martins Paschoaloni escolheu cursar Produção Multimídia porque, segundo ela: “Amo criar e testar várias coisas relacionadas ao mundo artístico e do design. Nesse curso consigo evoluir cada vez mais esse lado da arte, do design, mas com um pensamento funcional, com uma razão para que aquela obra exista”. A estudante ainda lembrou as diversas áreas que o curso da Unisanta abrange, que, aliado ao fato de poder “conhecer pessoas que têm a mesma paixão por criatividade”, representa um grande motivador para o desenvolvimento de projetos interessantes.

Sobre a escolha da Unisanta, Letícia reforça: “Escolhi a universidade por ser referência na Baixada Santista, pela organização e comprometimento com seus alunos. Além de ter o curso, os professores são muito atenciosos e ensinam muitas coisas boas que vou guardar para toda a vida”. A santista ainda destacou duas matérias que estão sendo marcantes durante a sua graduação: Desenho (“eu desenho desde sempre, mas consegui aprender técnicas novas que eu não imaginava”) e Fotografia (por “aprender a pensar no cenário, luminosidade e ângulo ao invés de ir tirando várias fotos sem pensar”).

Ela também lembrou os diversos eventos de que teve a oportunidade de participar (como o 8º Santos Jazz Festival, em 2019; o projeto Mistura França e Brasil – 40 anos de Casa Camerati; e a visita ao espaço de arte Gravurar) e exaltou a importância da professora e coordenadora de Produção Multimídia, Márcia Okida, em sua vida acadêmica, com todos os incentivos para participar de projetos e concursos: “Ela é muito atenciosa e transmite boas energias”, ressalta Letícia, que provou sua produtividade evidenciando um projeto em desenvolvimento, seu Trabalho de Fim de Curso (TFC): “Eu e meu grupo (Andréia, Lana e Thayná) estamos elaborando um e-book infantil ilustrado”.

A estudante santista conta que a oportunidade de participar do Festival CriAtivar apareceu através do curso de Produção Multimídia: “Lá participamos de projetos nacionais e internacionais que são importantes para saber lidar com o futuro no Design”, pontua Letícia, que se interessa por temas ecológicos. Sobre a confecção da obra, feita de forma digital com o uso marcante de pincéis com texturas de giz e spray e intitulada “Harmonia Infinita”, ela comenta a inspiração em fotos de pássaros, abelhas e paisagens, além do tempo que dedicou à obra. “Demorei um dia para concluir, comecei com um pequeno post-it e finalizei no digital”, relata a veterana de Produção Multimídia.

 

A arte de Letícia foi eleita campeã em uma escolha unânime feita pela banca, que continha três juradas: “Não esperava, foi uma surpresa e tanto, ainda mais após ver as outras artes dos participantes com um alto nível criativo na publicação de finalistas do festival”, destaca a estudante. Esta edição da Mostra de Design do Festival CriAtivar teve o tema: “Agroecologia: natureza, alimento e saúde”, inspirada na obra da engenheira agrônoma Ana Maria Primavesi e na resolução da ONU que declarou 2020 como “Ano Internacional da Saúde Vegetal”. “Por coincidência, estamos com queda na qualidade alimentar, crise ambiental, alto de preços de alimentos, queimadas na Amazônia e Pantanal”, esclarece Danilo Tavares, organizador do evento e idealizador do tema.

Quanto ao futuro, a veterana da Unisanta comenta: “Pretendo continuar a atuar na área de criação artística, mas já tenho projetos futuros para fazer games com Rafael Iha (Desenvolvedor de TI formado pela Unisanta). São muitas possibilidades no Design e conhecer todos esses caminhos será o sonho e objetivo principal”. Letícia Paschoaloni, que mantém um site com os seus trabalhos, encerra sua fala com uma mensagem motivacional sobre a escolha de uma profissão. Temos que gostar daquilo que fazemos, então tudo se torna mais fluido e alegre. Sempre dedicando o melhor de si”, conclui a premiada e promissora estudante.

“Expanda sua visão de futuro”, exclama Danilo Tavares, organizador do Festival CriAtivar

O documentarista, produtor cultural e proprietário da Zopp Criativa Produções, Danilo Tavares dos Santos, um dos idealizadores do Festival Internacional Santista de Criatividade, Inovação e Sociedade, contou brevemente o processo de criação do evento, que teve o conceito germinado na Semana Zopp Criativa, que, com realização do Governo do Estado de São Paulo através de edital do Programa de Ação Cultural (PROAC), aconteceu em maio de 2019. “Nesse mesmo período, ocorreu uma conversa com a Denise Covas (Estrategista de eventos e colunista do Jornal BoqNews) e resolvemos nos unir para formatar um festival sobre criatividade, economia criativa e inovação. Assim fizemos e fomos contemplados no edital do PROAC relacionado à Economia Criativa”, comenta Tavares, que continua: “Iríamos realizar (o CriAtivar) em maio de forma presencial, porém, por conta da pandemia, tivemos que nos adaptar à nova situação”.

O produtor cultural descreve o Festival Criativar como uma “oportunidade única de trocar experiências, conhecer cases de sucesso, outros em formação e alguns inovadores e disruptivos, seja nas periferias ou nos centros econômicos, nos festivais ou no cinema, nas startups, nas usinas criativas ou nos empreendimentos solidários, na arquitetura ou no design”, ressalta Tavares que também cita a relação do festival com o selo “Santos Criativa”, dado em 2015 pela Unesco, que adicionou o município paulista na categoria cinema do seleto grupo de “Cidades Criativas”, que terá o seu encontro anual (Encontro Anual da Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) realizado pela primeira vez na América Latina, em solo santista.

“Entendo que um festival com tantos temas e tanta gente boa tem a função de um farol que vai iluminando os horizontes possíveis para uma cidade e região com tanto potencial cultural, ecológico e criativo”, pontua orgulhosamente, sobre o Festival CriAtivar, Danilo Tavares, que também divulga o ciclo de oficinas que ocorrerão de segunda (28/09) a sábado (03/10), na semana seguinte ao festival.

Além de Letícia Paschoaloni, Rodrigo Romero e Maira Morales, também alunos de Produção Multimídia da Unisanta, ficaram entre os 10 melhores classificados.