Flávio Landim, ex-aluno de Engenharia, é analista de integração de dados na multinacional Scania

88

Formado pela Faculdade de Engenharia de Computação da Universidade Santa Cecília (Unisanta), Flávio Landim atua, desde fevereiro de 2010, na multinacional Scania. Fundada na Suécia em 1891 e com suas atividades no Brasil desde 1957, a companhia é considerada uma das maiores fabricantes mundiais de veículos comerciais pesados e motores marítimos e industriais, com operações distribuídas na França, Holanda, Finlândia, entre outros países.

Com 10 anos de atuação completados na empresa neste ano, Flávio começou sua bem-sucedida carreira ainda como estagiário, função que ocupou por um ano e meio. “Quando iniciei meu estágio, participei do que chamamos de ‘job rotation’ (rodízio de setores e funções), passando por todas as áreas de tecnologia da informação e, ao final do processo, eu mesmo escolhi atuar na área de suporte, atendimento telefônico ao usuário mesmo. Foi uma grande escola. Como nosso suporte ao cliente sempre foi diferenciado, pude aprimorar a minha parte técnica, entendendo melhor a parte de infraestrutura, além de melhor compreender conceitos técnicos básicos. Tive a oportunidade de atender usuários de toda a América Latina e Europa, e de praticar bastante meu inglês e espanhol”.

Efetivado ainda durante o curso, o ex-aluno da Unisanta passou para a área de processos ITIL: “Durante grande parte da minha carreira na Scania fui responsável por garantir que os processos fossem seguidos, propondo melhorias, métricas e padrões. Participei ainda da implementação de novos processos, passando por diversas áreas associadas”.

Depois da experiência, Landim assumiu o desafio de retornar à área técnica, e hoje ocupa o cargo de analista de integração de dados dentro da área de transformação digital da Scania. “Nesta função, sou responsável por definir arquiteturas de integração de dados e definir padrões, além de implementar e dar suporte a essas transformações. Estou orgulhosamente fazendo parte desse período de grande transformação tecnológica que a Scania vem passando”, explica o ex-aluno, também responsável pela coordenação e implementação de metodologias ágeis.

“A Scania é uma empresa extremamente flexível. Tive a oportunidade de crescer, mudar de área e aprender coisas novas em um ambiente de trabalho muito agradável, que pensa no colaborador como principal responsável pelo sucesso da companhia”, destaca o ex-aluno, que reconhece o esforço que a multinacional faz para valorizar o colaborador, mantendo um ambiente permanentemente saudável para o compartilhamento de ideias e debates.

Sobre o maior desafio enfrentando até hoje em sua carreira, Flávio cita a necessidade de se reinventar. “Não há mais espaço para acomodação. A área de tecnologia muda muito rápido e a gente precisa estar antenado com tudo o que acontece. Esse é o maior desafio: acompanhar todas essas mudanças. Para isso, é preciso gostar de estudar e amar tecnologia”.

Recordando sua experiência no curso de Engenharia de Computação, o ex-aluno fala que foi justamente na faculdade que aprendeu e entendeu que o mercado de trabalho não seria tão simples: “A faculdade teve uma grande importância na minha carreira. Foi muito valioso ter passado pelos desafios que a universidade me proporcionou. O caminho não é fácil e mostra o quanto que você terá que batalhar para chegar aonde realmente sonha. Foi na faculdade que eu aprendi principalmente a não desistir, ser persistente e resiliente. Agradeço aos meus professores por terem me proporcionado tanto aprendizado, que deve ser constante. Hoje, além da minha graduação, já fiz uma pós-graduação e pretendo, em breve, ingressar em uma nova pós-graduação ou mestrado. Mas o importante é nunca parar de estudar, estando em constante evolução”, finaliza.

Fonte: https://engenharia.unisanta.br/computacao/noticias/flavio-landim-ex-aluno-de-engenharia-de-computacao-da-unisanta-e-analista-de-integracao-de-dados-na-multinacional-scania/