Vitória de Ana Marcela Cunha no Circuito Mundial de Águas Abertas é divulgada em mídia nacional

16

A tetracampeã mundial completou a prova de 10km no tempo de 1h41m12s9. Ana Marcela venceu na batida de mão, tornando-se  a atleta mais vitoriosa da história das maratonas aquáticas, segundo os sites esportivos da ESPN, Best Swimming e o Jornal A Tribuna.

Ana Marcela Cunha, atleta da Universidade Santa Cecília (Unisanta), se destacou, mais uma vez, ao vencer a terceira etapa do Circuito Mundial de Águas Abertas – Fina Marathon Series 2019, disputado em Setúbal, Portugal. A vitória da tetracampeã mundial foi divulgada em várias mídias nacionais.

O jornal A Tribuna publicou um texto no Caderno Esportes desta segunda-feira (10/6), em que destaca o tempo de 1h41m12s9 realizado pela atleta na prova de 10km, ficando ‘apenas 1 centésimo à frente da vice-campeã olímpica’. Em seu site, A Tribuna também noticiou o feito, ressaltando que Ana Marcela ‘se tornou a maior vencedora da história na competição’. O Globoesporte.com também reportou o feito.

“Foi prova dura, boa para cardíaco, decidida na última braçada. Mas consegui me posicionar bem, usei a correnteza a meu favor e nadei as últimas duas voltas na frente das demais concorrentes e,  apesar do traje de borracha e da água fria, consegui cumprir com o objetivo traçado e saio daqui muito feliz com o resultado”, comentou a atleta.

Ao longo do texto on-line, é lembrando que essa vitória foi a de número 22 na carreira da nadadora, ultrapassando o alemão Thomaz Lurz, que tinha 21 triunfos. “É muito gratificante para um atleta bater recordes. Isso,  sem dúvida,  é uma motivação a mais. Estou bem feliz, mas amanhã começa tudo novamente. Já começamos a pensar na próxima etapa. Não dá tempo nem de comemorar”, concluiu.

O último compromisso oficial de Ana Marcela, antes do Mundial de Gwangju, em julho, na Coreia – seletiva para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020 – será a quarta etapa do Circuito Mundial de Águas Abertas, em Balatonfüred, Hungria.

Destaque em outros sites

A vitória e a quebra de recorde também foram divulgadas em diversos sites nacionais.  O site esportivo ESPN destacou que Ana Marcela venceu na batida de mão, se tornando ‘a atleta mais vitoriosa da história do esporte’. Já o site Terra publicou que Ana Marcela ‘já havia se destacado nas etapas anteriores do Circuito Mundial, tendo sido campeã em Doha, em fevereiro, e vice em Seychelles, em maio’.

Segundo o site Lance, a vitória da atleta veio após uma ‘disputa acirrada’ e ‘bastante dificuldade’ enfrentadas pela nadadora ao longo da prova, mas ressalta que Ana Marcela está na liderança da competição.

O Best Swimming destacou que Ana Marcela já era ‘a maior vencedora feminina da história das etapas do FINA Marathon Swim Series’. Ainda no texto, a prova disputada pela atleta foi detalhada: ‘Prova esvaziada’, ‘poucos atletas’ e realizada no ‘mar gelado (19 graus) ’.  Além desses, a Gazeta Esportiva também divulgou o feito de Ana Marcela.