Ex-aluno do curso de Educação Física atua com Rodrygo e outros grandes nomes do futebol mundial

177

Mateus Leon, graduado em Educação Física (Fefesp) pela Universidade Santa Cecília (Unisanta) em 2021, tem em seu currículo, trabalhos com jogadores de renome, como Rodrygo Goes, Vinicius Jr., Éder Militão. “Tive oportunidades de colaborar com trabalhos de pré-temporada de Rodrygo Goes, Vinicius Jr., Éder Militão, jogadores da Seleção Brasileira e Camavinga, jogador da seleção francesa, ao lado de importantes profissionais da área como Marcel Duarte e Thiago Lobo (formado em Fisioterapia pela Unisanta), que abriram oportunidades”.

Ele destaca ainda o trabalho com Claudinho, jogador do Zenit da Rússia, campeão olímpico de futebol representando o Brasil.

Sua experiência internacional inclui a inserção na rotina de treinos e jogos de Rodrygo Goes (ex-aluno do Colégio Santa Cecília), jogador do Real Madrid e da Seleção Brasileira. “Um amigo que o futebol me deu, que sempre me abriu portas. Já conheci alguns países, como própria Espanha, França, Marrocos, Inglaterra, Estados Unidos, acompanhando sua rotina de treinos e jogos”.

Formação

Após a graduação, ele continuou a investir na sua formação, completando uma pós-graduação em esportes de alto rendimento, além disso, participou de diversos cursos especializados, sempre buscando aprimorar seus conhecimentos na área. “Fiz pós-graduação em esportes de alto rendimento no Núcleo de Alto Rendimento (NAR), cursos voltados para a área, e sigo sempre me aprimorando”, explica Leon.

Durante sua jornada acadêmica

Na Unisanta, Leon foi marcado por professores que influenciaram diretamente suas decisões de carreira. “Posso citar os que fizeram tomar decisões para a área que desejava seguir, como Alexandre Galvão, Iago Aguillar e Dilmar Guedes que dispensam apresentações, cada um com a sua didática e facilidade em ensinar”, afirma Leon.

Como aluno, participou de inúmeros projetos e estágios, experiências que foram fundamentais para o desenvolvimento de suas habilidades e formação de um currículo robusto. Ele também teve a chance de atuar como treinador e jogador nos Jogos da Unisanta, vivências que ele descreve como “diferentes, mas super válidas”.

O começo

A carreira profissional de Mateus Leon começou ainda antes da sua formatura, quando ele era um atleta em formação. Seu interesse pelo esporte, especialmente pelo futebol, e os contatos que fez no meio abriram portas para estágios e trabalhos significativos. Iniciou em uma academia de bairro, onde aprendeu muito e recebeu apoio valioso. Em seguida, foi estagiário no Santos Futebol Clube, o que lhe proporcionou oportunidades de atendimentos personalizados para atletas.

Para Leon, a Unisanta teve um papel crucial na sua formação. Ele ressalta a qualidade do corpo docente, que tornou o aprendizado mais fácil e aplicável. “Acredito que o Santa Cecília colaborou nos mais variados aspectos, mas o principal acredito que seja o corpo docente. Em cada matéria, cada professor é especialista daquilo que ensina, isso torna a aprendizagem mais fácil e se torna algo aplicável aos alunos em suas respectivas áreas de atuação”. Segundo ele, “a estrutura e as atividades oferecidas pela universidade” também contribuíram significativamente para sua preparação e sucesso na área esportiva.