Com touca inspirada no capacete de Ayrton Senna, Ana Marcela busca o tricampeonato da Travessia Cápri-Nápoles

68

Maratona Del Golfo terá 36km e aproximadamente sete horas de prova em mar aberto

Depois de quase 20 dias no Centro de Treinamento de Rio Maior em Portugal, a tetracampeã mundial de Maratonas Aquáticas, Ana Marcela Cunha, atleta da Unisanta, já está na Itália onde neste domingo (6/09) terá seu primeiro grande desafio na temporada 2020. Os 36km da Maratona do Golfo, conhecida como Travessia Capri-Napoli. A largada está prevista para as 6h15 (horário de Brasília) no Le Ondine Beach Club, na Marina Grande de Capri, e a chegada para aproximadamente sete horas mais tarde, no Circoo Canottieri, clube de Remo de Napoli.

Essa será a terceira vez que a brasileira irá disputar a prova italiana. Tanto em 2014 como em 2017, ela conquistou a vitória e ainda é detentora do recorde da prova, que chega à sua 55ª edição, com o tempo de 6h24m47s.

Neste ano, Ana Marcela fará uma homenagem especial ao tricampeão mundial de Fórmula 1 e eterno ídolo brasileiro, Ayrton Senna. No ano em que o piloto completaria 60 anos, ela vai nadar com uma touca estIlizada, especialmente produzida sob licença da Senna Brands, inspirada no capacete verde e amarelo usado por Senna.

A última vez que Ana Marcela entrou no mar para competir foi em fevereiro de 2020 na etapa de Doha do Circuito Mundial quando conquistou a prata. Depois disso, todas as competições foram canceladas por conta da Covid-19.

Ao todo, 25 atletas participarão deste desafio, sendo 15 homens e dez mulheres. Ana Marcela, que já está classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem, é a única brasileira a participar da prova. Sua maior adversária é a italiana Ariana Bridi, medalha de bronze nos 25km do Mundial de Budapeste em 2017.

“Será uma prova dura, não só pela distância, mas também pelo nível das adversárias. A estratégia é bem complexa. Tudo vai depender das condições meteorológicas, das correntes do mar, já que não se trata de uma prova em circuito, e sim uma travessia em linha reta. Farei o meu melhor para sair com um bom resultado”, afirmou Ana Marcela.

Depois deste desafio, a brasileira embarcará para Portugal onde nadará no dia 12 de setembro a prova dos 10km da MIUS – Madeira Island Ultra Swim, na Ilha da Madeira.  E nos dias 26 e 27 de setembro, o Campeonato Francês.

Informações sobe Ana Marcela: Roberta Pinto (21) 980201312 (robertamlpinto@gmail.com)