Unisanta abre inscrições para o primeiro curso de Pós-Graduação em Justiça Restaurativa do estado de São Paulo

196

Mostrando mais uma vez seu pioneirismo, a Universidade Santa Cecília (Unisanta) amplia o leque curricular na área da Educação com a Pós-Graduação Lato Sensu em Justiça Restaurativa. Inédito no estado de São Paulo, o curso visa trazer aos envolvidos uma nova filosofia de vida, iniciada por um olhar mais humano e empático sobre as situações rotineiras da sociedade, trabalhando com a metodologia dos Círculos de Construção de Paz, da professora norte-americana Kay Pranis.

Podem participar do curso graduados em diferentes áreas como advogados, professores, psicólogos e demais interessados em disseminar a cultura de paz e não violência. A carga horária é de 522 horas, distribuídas em aulas quinzenais, aos sábados, das 8h às 17h.

O Lato Sensu em Justiça Restaurativa conta com um corpo docente composto por mestres e doutores, gestores, facilitadores e multiplicadores, cujo trabalho no setor desponta como um dos mais bem-sucedidos do estado e do país, servindo de referência e metodologia para aplicações internacionais na área da prevenção e transformação de conflitos.

A Unisanta traz essa Especialização em um momento em que o atual conceito de justiça tem um tom mais punitivo do que restaurativo. “A cultura da punição não se faz presente apenas no sistema penal, mas em todos os setores da sociedade, inclusive no educacional”, afirma a Profª Me. Liliane Claro de Rezende, que coordena o curso juntamente com a Profª Drª Selma Martinez Simões Rodrigues de Lara.

Ainda de acordo com Liliane, a violência é um problema social e está presente nas escolas de todo o Brasil. “Ela se apresenta de maneiras diversificadas como bullying, agressões, trotes e diferentes formas de punição, castigo, indisciplina, intolerância e falta de respeito. São formas de ações coercitivas que exaltam a cultura punitiva, e não a responsabilização pelo dano causado, andando lado a lado com o processo educativo, as quais acabam por refletir no desenvolvimento educacional, físico, cognitivo e psicológico do corpo discente”, explica.

A coordenadora ainda destaca que, “nesse contexto, a função do pedagogo e do professor já não se restringe apenas ao processo ensino-aprendizagem de conteúdos, passando também ao trabalho de prevenção e transformação de conflitos, atender inúmeras situações de ordem social”.

A Especialização em Justiça Restaurativa pode ser aplicada em todas as áreas e ambiências, desde o campo familiar, judicial, escolar, empresarial, entre outras. Ao final deste curso, o aluno sairá com o título de “Especialista em Justiça Restaurativa”, estando habilitado para atuar como Facilitador em processos circulares e Multiplicador (Formador) de bases facilitadoras.

Benefícios – As inscrições podem ser feitas aqui . A Unisanta oferece 25% de desconto para matrículas antecipadas (1ª parcela). Promoção por tempo limitado. Descontos especiais para grupos de amigos, empresas conveniadas, alunos e ex-alunos da Unisanta. Financiamento das mensalidades via CredIES.

Outras informações podem ser obtidas no site www.unisanta.br/posgraduacao ou pelo e-mail posgraduacao@unisanta.br