Lúcia Teixeira defende educação de qualidade inclusiva, sustentável e de qualidade em Conferência Internacional

33

A educadora, escritora e psicóloga Lúcia Teixeira, presidente do Semesp e da Unisanta, esteve presente nesta manhã de sexta (15) do Fórum de Políticas de Educação Superior, a convite da Unesco Iesalc, no painel sobre Qualidade da Educação Superior na América Latina e Caribe, no último dia da Conferência Regional de Educação Superior (Cres+5), no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília (DF). Na abertura da Conferência, Lúcia participou ao lado do Ministro da Educação, Camilo Santana, da Ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos e autoridades estrangeiras

Lúcia destacou no painel desta manhã a importância de políticas públicas de qualidade na América Latina e Caribe, com educação de qualidade e inclusiva ao longo da vida. “É o que pode propiciar que as pessoas do nosso continente saiam da pobreza, tenham vidas mais saudáveis, mais sustentáveis e sociedades mais resilientes, tolerantes sem tanta polarização. Temos que refletir como podemos promover tudo isso, quando temos no nosso continente tantos excluídos na escola, falta de capital humano adequado ao mercado de trabalho cada vez mais exigente digital”.

Lançando aos participantes questões cruciais do momento, ela continuou: “Como as politicas públicas podem garantir qualidade, quando há uma modificação de parâmetros nas organizações de ensino, que não podem ser como eram antes? Como garantir esse ensino de qualidade, digital e a supervisão de e sistemas que não restrinja a inovação das instituições de ensino e promova a transformação tão necessária para o mundo digital”, questionou?”

O evento é organizado pelo Ministério da Educação (MEC) e  pelo Instituto Internacional da Unesco para a Educação Superior na América Latina e no Caribe, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Iesalc Unesco). Estavam presentes ao painel: o Vice-Ministro de Educação Superior, Paraguai, Federico Mora; a Subsecretária de Instituições de Educação Superior, Equador, Cecilia Santana; o Vice-Ministro de Educação Superior, Colômbia, Alejandro Álvarez Gallego e a Diretora do Sistema de Avaliação e Credenciamento de Educação Superior, México, María José Rhi Sausi Garavito.

Realcup – No dia 12/3, Lúcia também participou da abertura da Pré-Conferência “CRES +5 na Perspectiva da Realcup e dos Agentes Públicos, para discutir o tema com representantes do setor privado, formuladores de políticas públicas, especialistas em ensino superior e representantes do setor público. Lúcia ocupa ainda uma das vice-presidências da Realcup. O evento foi no Centro Universitário do Distrito Federal. A Realculp é uma rede de associações privadas da América Latina, que reúne representação de 13 países. O foco da rede é fortalecer o protagonismo do setor privado e demonstrar com evidências a relevância na América Latina e Caribe.