Curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental EAD recebe ótima avaliação do MEC

338

O curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental EAD da Universidade Santa Cecília – Unisanta obteve a nota 4 (escala 1 a 5) do Ministério da Educação (MEC) na renovação de seu reconhecimento. Com elogios à metodologia, gestão, Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), tutoria, material didático, conteúdos curriculares e outros itens avaliados, a comissão avaliadora do MEC realizou a visita virtual com professores e profissionais envolvidos na infraestrutura que torna o curso especial para os alunos.

Para o professor Marcelo Cruz, diretor de EAD, uma nota 4 em um processo tão complexo é de fato muito importante para a Universidade, que tem como principal característica a qualidade da educação e seu compromisso com os alunos, independente da modalidade do curso: “O instrumento de avalição é composto por 58 indicadores, avaliados um a um, sendo atribuídos conceitos de 1 a 5 em todos eles. Após todos os conceitos atribuídos, é somada a nota final. Uma nota 4 é de fato muito importante e de grande complexidade para ser obtida, uma vez que são avaliados aspectos institucionais, informações e organização do curso avaliado, corpo docente, infraestrutura oferecida e há, também, a participação dos alunos. EAD da Unisanta segue cumprindo todos os aspectos com um alto nível de qualidade. Todos os cursos EAD que passaram pelo processo de reconhecimento obtiveram nota 4 ou 5”.

De acordo com o relatório, o Ambiente Virtual de Aprendizagem da Unisanta foi considerado com máxima qualidade pela equipe de avaliação. O corpo docente possui ampla experiência no exercício da docência na educação a distância, média superior a 10 anos de experiência, o que permite que a Universidade consiga identificar as dificuldades dos discentes, expor conteúdo dos componentes curriculares e elaborar atividades específicas para a promoção de aprendizagem.

Outros pontos elogiados pela comissão:

“A metodologia adotada pelo curso, que é a mesma adotada por toda a IES, consta no PPC e está de acordo com as DCN. As atividades existentes atendem ao desenvolvimento dos conteúdos programados, às estratégias de aprendizagem e acessibilidade metodológica e à autonomia do discente. Existem práticas pedagógicas que estimulam a ação do discente em relação teoria-prática, como os Projetos Integradores, que visam à discussão e das disciplinas estudadas com a prática do gestor ambiental, que proporcionam ao aluno a aprendizagem integrada e diferenciada na área de atuação do futuro profissional”.

“Os agentes envolvidos no processo de ensino-aprendizagem, além dos discentes, são os docentes do curso, professores tutores, equipe multidisciplinar e a coordenação de curso. Assim, a interação com a coordenação de curso foi explicitada durante a reunião com os professores e professores tutores, inclusive sendo muito elogiada a autonomia que tanto docentes como professores tutores possuem em relação à contribuição com as discussões do curso. As atividades de cada um dos agentes estão explicitadas em planos de ação, em regimento da IES e atas registradas com discussões dos assuntos relativos ao curso com encaminhamentos definidos, assim como a CPA possui indicadores de avaliação dos envolvidos”.

“A gestão do curso é realizada utilizando a autoavaliação institucional. A avaliação interna é realizada periodicamente pela ação da CPA, que conta com a participação de membros de várias áreas distintas. Algumas ações de melhorias devido à ação das avaliações foram citadas aos membros da comissão de avaliação, como melhoria da rede de internet wi-fi e laboratórios de informática. Há um revezamento constante na participação desta comissão que realiza a autoavaliação de forma periódica do curso”.