Alunos de Educação Especial EAD da Unisanta são contemplados com bolsas Pibid

243

Estudantes do curso de Licenciatura em Educação Especial EAD da Universidade Santa Cecília – Unisanta foram contemplados pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) para desenvolver projetos em escolas da rede pública municipal de Santos. Durante 18 meses, 24 estudantes irão elaborar atividades destinadas a crianças com deficiência em três escolas da cidade.

“Esse trabalho em EAD é inédito no País e está transformando vidas na prática.

Sem falar que temos o 1º curso de Licenciatura em Educação Especial, reconhecido pelo MEC”, afirma o diretor de Educação a Distância da Unisanta, Prof. Dr. Marcelo Cruz.

Entre os selecionados está Maria José Maria José Correa Veronezi. A estudante de Educação Especial e Pedagogia em EAD na Unisanta faz estágio na Escola Municipal Lourdes Ortiz, no bairro do Embaré, onde recebeu a tarefa de elaborar um jogo utilizando material reciclado. “Desenvolvi uma maletinha da matemática e pretendo usá-la com as crianças ou adolescentes. Esse jogo atinge desde 3 anos, quando a criança usa as mãozinhas para a contagem e dá a condição de usarmos os símbolos e sinais básicos da matemática”, explica.

“A experiência que o projeto proporciona garante um conhecimento para o futuro exercício da docência. Tem sido um acalento para as crianças com deficiência e uma enorme colaboração para as escolas públicas e para formação e vivência de todos os envolvidos”, afirma a coordenadora do curso de Educação Especial, Profa. Dra. Marcia do Vale.

O curso de Licenciatura em Educação Especial, na modalidade EAD da Unisanta, é o 1º curso de Educação Especial reconhecido no País, com Portaria Publicada no Diário Oficial da União. Na visita do processo de Reconhecimento pelo MEC, a Comissão de Avaliação atribuiu ao curso a nota 4,31 (escala 0 a 5), o que representa o conceito geral Muito Bom.

Sobre o Pibid – O Pibid oferece bolsas de iniciação à docência aos estudantes de cursos presenciais que se dediquem ao estágio nas escolas públicas e que, quando graduados, se comprometam com o exercício do magistério na rede pública. O objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros mestres e as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o Pibid faz uma articulação entre a educação superior (por meio das licenciaturas), a escola e os sistemas estaduais e municipais.