Pelo 2° ano seguido, Giovana Rosa, aluna de Fisioterapia, participa do maior encontro internacional sobre o Alzheimer

326

Experiências acadêmicas internacionais durante a vida universitária são um privilégio para poucos, e a estudante da Unisanta, Giovana Carolina Láo Rosa, entra neste seleto e orgulhoso grupo. Cursando Fisioterapia, ela já tem no currículo duas participações (em 2019 e 2020) no Alzheimer’s Association International Conference (AAIC), o maior e mais influente encontro internacional dedicado ao avanço da ciência da demência.

Giovana, que é bolsista PIC- Unisanta desde 2018, foi contemplada em 2019 com uma bolsa parcial oferecida pelo AAIC. Com isso, a estudante teve a oportunidade de comparecer ao evento, que ocorreu em Los Angeles (EUA) e apresentar o seu trabalho, feito sob orientação da profª Sheila de Melo Borges, intitulado: “Relation between subjective memory complaints and cognitive performance in elderly” (Relação entre queixas de memória subjetiva e desempenho cognitivo em idosos).

Giovana definiu essa experiência como “mágica”, pois relembrou o seu aprendizado com a qualidade do conteúdo das palestras e trabalhos em exibição e ainda ressaltou a alegria que sentia com as novas amizades, elogios e conselhos vindos de profissionais de todo o mundo.

Com o início de 2020, veio novamente a aprovação de um trabalho feito pela dupla de Fisioterapia da Unisanta para a edição anual da Alzheimer’s Association International Conference. A pesquisa foi nomeada: “Prevalence of cognitive deficit in elderly with depressive” (Prevalência de déficit cognitivo em idosos com depressão). Neste ano, porém, por conta da pandemia do COVID-19, o evento foi completamente virtual.

A futura fisioterapeuta teve a apresentação do pôster virtual realizada no dia 29/07 e comemorou a sua participação, valorizando a experiência on-line. Giovana vem aproveitando a iniciação científica durante sua vida universitária e tem noção do diferencial que experiências notáveis como essas possuem, não só no currículo e na formação profissional, mas também no desenvolvimento da área de saúde.

 

 

2019