Aluno do Colégio Santa Cecília sobe no pódio em etapa do Brasileiro Sub-18 e briga por vaga na seleção

68

O surfista João Artur Arruda de Holanda (Fupes), aluno da 3.ª série do Ensino Médio do Colégio Santa Cecília, conquistou a quarta colocação da segunda etapa do Circuito Brasileiro Sub-18, que foi disputada no final de semana na Praia do Tombo, em Guarujá. O resultado mantém o santista na briga por uma vaga para os Jogos Mundiais Sub-18 da modalidade, que serão realizados no próximo ano.

“Foi um grande e importante resultado, competi mais maduro, com mais calma, estratégia e sabendo o que eu queria. É fruto de muito esforço juntamente com a minha equipe”, diz João Artur, que treina no Centro de Treinamento da modalidade em Santos e integra a seleção paulista de surfe.

O resultado demonstra a evolução do surfista santista, que acabou não se classificando na primeira etapa do circuito, na Praia do Borete, em Pernambuco, e agora se prepara para a terceira e última etapa, que será entre os dias 12 e 15 de outubro, em Garopaba, Santa Catarina.
No Sul, ele pode garantir vaga para representar o País nos Jogos Mundiais, seu grande objetivo neste ano. Serão classificados os três primeiros do ranking e ainda são descartados os surfistas que têm atualmente 18 anos, já que a competição sub-18 será em 2024. Com boas expectativas, ele descarta pressão: “Vou buscar competir leve, tenho me dedicado nos treinamentos, então vou só me preocupar em surfar, sem pensar no resultado”.

EVOLUÇÃO SURPREENDENTE
João Artur começou a surfar com 12 anos, o que é considerado relativamente tarde no esporte. Mas os resultados logo apareceram. “É notório que ele tem muito potencial e tem melhorado a cada dia, a cada treino”, diz o técnico Pedro Souza.

“É como se ele tivesse sempre ‘correndo atrás do prejuízo’. Por outro lado, é surpreendente a evolução dele. É um atleta promissor dado seu comprometimento com os treinos e a gana que tem para competir”, acrescenta o técnico, que trabalha para que o jovem santista se torne um surfista profissional de alto nível nos próximos anos, no Brasil, que é atualmente a grande força da modalidade no mundo.

Mesmo com boas chances de chegar à seleção brasileira, o técnico destaca a experiência obtida pelo santista nesta temporada. Ele ainda disputa o Circuito Paulista de base, o Circuito Sul-Americano Sub-18 e já participa de algumas etapas do Circuito Brasileiro Profissional. “Certamente tem sido um ano importante para o João com relação à experiência e ele tem dado conta do recado, alcançando resultados de notório destaque”.

Divulgação – Prefeitura Municipal de Santos

Fonte: Prefeitura Municipal de Santos