TEP-Unisanta conquista novos editais

25

O Teatro Experimental de Pesquisas da Universidade Santa Cecília – TEP –Unisanta, um dos mais antigos grupos de teatro da nossa região com mais de cinquenta anos de atividades, dos quais 32 anos vinculados à instituição, foi contemplado com mais dois editais (estadual e municipal) fundamentados pela Lei Aldir Blanc que alavancarão a difusão de obras audiovisuais desenvolvidas pelo grupo.

Com esses novos editais, o grupo terá a possibilidade de difundir, através dos respectivos órgãos culturais que gerenciam tais fomentos, dois trabalhos audiovisuais realizados pela abrangência das suas atividades, o curta-metragem (documentário) ROSINHA-SINHÁ e o vídeo-monólogo O PRATO AZUL-POMBINHO, ambos com direção de Gilson de Melo Barros.

ROSINHA-SINHÁ – O curta-metragem ROSINHA-SINHÁ (22 minutos), produzido em 2005, aborda aspectos particulares dos primórdios da Rádio Santista, anos 40 e 50, através de dois personagens marcantes nesse período, a animadora cultural ALAYDE CAMARGO, mais conhecida como DINDINHA SINHÁ, e a escritora e ativista ROSINHA MASTRÂNGELO.

Várias personalidades que fizeram parte desse período da nossa história contribuíram com seus depoimentos para dar corpo ao projeto e relembrar as façanhas do TEATRINHO DE BRINQUEDOS. A criação de Alayde levava aos palcos santistas, em programas das rádios locais, talentos mirins a se apresentar, alcançando enorme sucesso e audiência marcante.

Vários desses talentos foram localizados e fazem parte do documentário. Entre eles estão Lady Menezes, Neuza Boturão, Mirna Lopes, Henrique Cassilhas, Aline Silva e Jurema Mascarenhas, todos artistas do Teatrinho de Brinquedos.

É neste universo de abordagem que surge a escritora ROSINHA MASTRÂNGELO, amiga de Alayde e assídua frequentadora dos recitais do Teatrinho, para o qual contribuía com textos a serem recitados pela gurizada, em especial por Oneyda Marsh, com quem desenvolveria, anos mais tarde, intensa parceria para programas radiofônicos. Vale citar o imenso sucesso da “Hora da Ave Maria” em que Oneyda brilhou durante muitos anos com a declamação sempre pontual, 18 horas, dos textos de Rosinha Mastrângelo.

O Documentário traz ainda um depoimento do ex-secretário de Cultura de Santos, Carlos Pinto, contemporâneo dos artistas observados pelo curta-metragem e grande incentivador das artes na nossa região, assim como as palavras do saudoso jornalista Roberto Peres, mestre quando o assunto trata-se de cultura.

PRATO AZUL-POMBINHO – O outro trabalho, O PRATO AZUL-POMBINHO, igualmente contemplado pelos dois editais, trata-se do registro em vídeo da declamação, ou vivência, do poema da escritora goiana Cora Coralina. O processo realizado atravessa tempos pandêmicos (2020) para a sua produção e foi desenvolvido de forma remota pelo diretor Gilson de Melo Barros e pela atriz Edelvira Azevedo, em mais um exercício do grupo por busca de linguagem, culminando com sua participação no XXIV FESCETE. O trabalho foi nomeado no festival com algumas considerações e premiações – Melhor Monólogo Adulto, Atriz (Edelvira Azevedo) e direção (Gilson de Melo Barros).

Ambos os trabalhos disponibilizados passarão a fazer parte dos acervos das Secretarias Estadual e Municipal de Cultura, com a finalidade de serem distribuídos em suas redes de contatos como recursos para integrar materiais didáticos e instrutivos, ampliando, desta forma, toda uma ambiência de alcance para os trabalhos realizados por este longevo grupo teatral – TEATRO EXPERIMENTAL DE PESQUISAS.

Os trabalhos também estarão disponibilizados para o público em geral a partir desta quarta-feira (24/03/2021), através das redes sociais do TEP, no Facebook, Instagram e YouTube (@tepteatro).

DADOS ADICIONAIS
ROSINHA SINHÁ
Trabalho realizado em homenagem às pioneiras do Rádio Santista, em especial à ALAYDE CAMARGO e ROSINHA MASTRÂNGELO, selecionado e exibido no III CURTA SANTOS (Antes da primeira tela) – 2005
FICHA TÉCNICA
Argumento – IVANI CARDOSO
Roteiro e Organização – GILSON DE MELO BARROS
Imagens – MARISVALDO SCÁCIO
Edição – SANTA CECÍLIA TV
Direção – GILSON DE MELO BARROS
Depoimentos – ALINE SILVA / EDNA SUDAN / CARLOS PINTO / JUREMA MASCARENHAS / LADY MENEZES / HENRIQUE CASSILHAS / MIRNA LOPES / NEUZA BOTURÃO / PAULO SÉRGIO CORRÊA / ROBERTO PERES.
Apoio logístico – TERESA CRISTINA DE MELO BARROS
Apoio institucional – UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA

O PRATO AZUL-POMBINHO
“Este trabalho foi premiado pelo XIV FESCETE (2020) – Monólogo Adulto / Atriz (Edelvira Azevedo) / Direção (Gilson de Melo Barros)”. Baseado na obra homônima de autoria de CORA CORALINA
FICHA TÉCNICA
Solo – EDELVIRA AZEVEDO
Ossatura construtiva – GILSON DE MELO BARROS
Iluminação e Finalização – TALES ORDAKJI
Direção – GILSON DE MELO BARROS
Apoio logístico – EDELVIRA AZEVEDO
Apoio institucional – UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA