Prof. Willy Ank, coordenador da pós em Engenharia da Confiabilidade, ministra curso on-line da ABM

33

O coordenador dos cursos de pós-graduação lato sensu em Engenharia da Confiabilidade, Prof. Willy Ank, ministrou o curso on-line “Noções Básicas de Siderurgia e sua Descarbonização” para equipes do governo federal, através da ABM – Associação Brasileira de Metalurgia, nos dias 11 e 18/06.

Realizado junto com a coordenação da ABM-Regional Centro-Norte, o curso teve o objetivo de oferecer uma visão focada nas principais fases e tecnologias empregadas atualmente pelas Siderúrgicas para a produção dos diversos produtos de aço e as inovações necessárias para a sua descarbonização.

Participaram 28 profissionais dos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Minas e Energia (MME), Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além de representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Instituto Aço Brasil (IABr), entre outras entidades.

“Preparar e atuar neste treinamento foi bem desafiador, pois os assuntos lecionados que precisavam ser transmitidos em pouco tempo ao mesmo tempo que necessitavam ter alta pertinência econômica e vasta abrangência técnica para que o corpo técnico e intelectual dos principais ministérios e órgãos associados ao planejamento e ao nosso desenvolvimento industrial pudessem ter referências que os auxiliassem a compreender o mercado de produtos siderúrgicos”, conta o docente. 

Sobre o curso

As diversas particularidades e aplicações do tema trazem uma ampla visão do processo siderúrgico como um todo e de todas as potenciais formas de promover a sua descarbonização, ou seja, a redução do seu impacto na geração de CO2 pelo setor siderúrgico que alcança a incrível cifra de 8% da geração mundial deste gás de efeito estufa pela humanidade. 

“Portanto, se a nossa contribuição tiver auxiliado na compreensão deste cenário e no incentivo ao fomento de políticas de processos mais limpos, estaremos dando uma enorme contribuição para caminharmos a um futuro mais sustentável”, finaliza. 

O curso foi solicitado pelo MDIC, que promoveu recentemente um workshop sobre Descarbonização da Indústria e que deverá lançar brevemente um Programa Selo Verde para alguns segmentos produtivos, inclusive a siderurgia, visando à promoção de produtos e serviços com ciclo de vida socioambientalmente responsável.

Fonte: ABM Brasil