Gisela Monteiro alerta sobre os riscos da Internet provocar isolamento e depressão

24

Unisanta na Mídia/Setembro Amarelo

Colaborou, Julia Mayorca

A psicóloga e professora da Unisanta,  Gisela Monteiro, falou ao jornal A Tribuna sobre a prevenção ao suicídio e à depressão  ao jornal A Tribuna, na matéria que anuncia a chegada do movimento Setembro Amarelo. “O índice de suicídio entre crianças e adolescentes subiu no País”, publicou o jornal na matéria “Jovens serão o foco do Setembro Amarelo”.

“’Quando as pessoas dão sinais, como desvalorização de si mesmas ou falta de sentido da vida e até mesmo falarem  que têm o desejo de tirar a própria vida, elas podem vir a cometer suicídio. A questão, no entanto, é que muitas ainda o fazem sem dizer nada’, ressaltou  a psicóloga Gisela Monteiro ” ao  jornal A Tribuna na matéria “Jovens serão o foco do Setembro Amarelo”. A reportagem foi publicada nesta segunda-feira (2/9), na página (2/9) no Caderno Cidades, página A-6.  chegada de do mês de setembro e a campanha de prevenção ao suicídio.

A matéria trouxe dados preocupantes referentes ao assunto. “Os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda assustam: a cada 45 minutos um brasileiro tira a própria vida. São 32 por dia. No mundo, ocorre uma morte a cada 40 segundos. E, neste ano, crianças e adolescentes estão no foco da campanha. ”

A matéria ressalta a importância do apoio familiar em meio ao combate à doença: “As pessoas devem abordar honestamente e objetivamente com os outros essas questões. Ficamos com receio de fazer perguntas, por ser um assunto delicado e complexo. Mas clareza e objetividade, delicadeza e ternura são o melhor caminho. ”

Perigos da Internet

A internet também foi um dos pontos tocados, já que muitas vezes é a causa para o começo de uma depressão. “Para Gisela Monteiro, na medida em que é adotada como um jeito de se conectar ao outro, a web é benéfica, mas não deixa de ser superficial. As relações que importa, afirma a especialista, são as presenciais.  Quem vive na ilusão de ter 10 mil likes e possuir 10 mil amigos, possivelmente, sofrerá com isso, porque não é verdade. Não é preciso abandonar as redes, mas tem que saber usa-las como fontes de conexão para proporcionar interações presenciais mais significativas’. ”

A ONG Centro de Valorização da Vida (CVV) irá realizar uma palestra na Unisanta no dia (10/9), com o intuito de informar sobre a prevenção do suicídio e como lidar com a autolesão em jovens. O evento acontece no Auditório do Bloco E – 4º andar, às 20h, e é aberta ao público.