Alunos produzem jornal-laboratório com a temática das eleições

69

Com a temática do ano eleitoral, os alunos do sexto semestre de Jornalismo da Universidade Santa Cecília desenvolveram mais uma edição do jornal-laboratório Primeira Impressão sobre o assunto. Existente desde 1996, o projeto é desenvolvido na disciplina de Gêneros Jornalísticos e Reportagem IV e no Laboratório de Produções Jornalísticas II.

Com a orientação dos professores Francisco La Scala Júnior, Fernando de Maria e Fernando Cláudio Peel, os alunos, por conta da pandemia, esquematizaram um jornal de preparação para as eleições, ou seja, com o objetivo de levar ao conhecimento de todos como as eleições vão funcionar, o papel de deputados, senadores, governadores e presidente, além das medidas que estão sendo tomadas para o dia da votação.

“É um jornal que busca condensar todas as informações importantes para o leitor e o eleitor. Os alunos tiveram uma grande oportunidade nesse projeto, por achar que é uma área difícil, mas que é fundamental, até por conta do mercado de trabalho, pois a área gera muito emprego para jornalista”, ressalta o professor Peel

O estudante César Corrêa comenta o quão gratificante é essa oportunidade que a faculdade lhe dá de produzir um jornal e justamente em ano eleitoral, dá a ele e demais alunos do curso um leque maior ainda de experiências. “Acredito que a melhor parte é ver o jornal finalizado, depois de semanas de pesquisas, construção dos textos, revisões e diagramação das páginas. Esse projeto traz, sem dúvidas, um diferencial para o curso e espero que continue em prática para os próximos anos.”

“O jornal é um dos mais antigos em circulação Impressa e digital do Brasil. O aluno aprende todas as técnicas do Jornalismo. Aprende a fazer as pautas, entrevistar, escrever a matéria, fotografar, editar o texto e diagramar o material”, destaca o coordenador do curso de Jornalismo, Robson Bastos, sobre a participação dos alunos no Jornal Laboratório.

Prêmios – O jornal Primeira Impressão já recebeu o Prêmio Giusfredo Santini, em 1999, conferido pela Câmara Municipal de Santos, por uma reportagem especial sobre o comércio de ossos nos cemitérios da Cidade. Nesse mesmo ano, foi um dos cinco melhores jornais-laboratórios do Brasil no Intercom, o principal congresso acadêmico brasileiro de Comunicação.

Para conferir o jornal completo, acesse aqui.