Os Cadernos de Pagu” será lançado dia 12/12, em São Paulo

142

Dia 12 de dezembro é uma data significativa para a escritora Lúcia Teixeira, biógrafa de Patrícia Galvão, Pagu. Foi nesse dia que Pagu morreu em Santos (SP), vítima de câncer, com 52 anos. Por isso Lúcia escolheu essa data para fazer o lançamento da do livro “Os cadernos de Pagu – Manuscritos inéditos de Patrícia Galvão” em São Paulo, na Livraria Martins Fontes Paulista, das 18 às 20 horas. “É também nossa homenagem e o renascimento de Pagu, mais uma vez, com a divulgação de seus textos que ficaram guardados por décadas”, comenta Lúcia.

A obra tem organização e notas de Lúcia Teixeira e foi publicada pelas editoras Nocelli (um selo para publicações especiais da Editora Reformatório) e Unisanta. A quarta capa é assinada pelo escritor Ruy Castro.

No novo livro, Lúcia apresenta cinco cadernos manuscritos inéditos dos anos 1920 a 1960 (até sua morte), revelando aspectos desconhecidos, desde a incursão de Pagu no Modernismo Antropofágico, a produção de texto na fase de adesão político partidária, seus primeiros passos como dramaturga, em inéditas peças teatrais, a partir de 1931,além de escritos sobre literatura e outros escritores e algumas cartas para Oswald de Andrade e Geraldo Ferraz, entre outros.

Para a autora, Pagu continua sendo a voz que clama, em um mundo ameaçado pela morte e desintegração, como o que vivemos, pela conciliação necessária do papel do pensador, do escritor, entre o trabalho e a cultura. Lúcia também destaca o interesse de Pagu pelo teatro já em suas primeiras produções, inéditas: “Esse amor pelo teatro se inicia nos manuscritos que reproduzimos e até a entrega total ao fazer teatral, como gestora, tradutora, fazendo da transgressão ato criador, até sua morte, nos anos 1960, em textos belíssimos”.

Os Cadernos de Pagu
Páginas: 328
ISB: 978-65-998800-3-2
Lançamento São Paulo
Dia 12/12
Horário: das 18 às 20 horas
Livraria Martins Fontes Paulista
Endereço: Avenida Paulista número, 509