Cineclube Lanterna Mágica estreia nova temporada do Cinapse Cast – Unisanta, agora com foco em comunicação não violenta na educação

151

Aprender a ouvir de forma empática e a trocar impressões mais humanizadas são premissas da comunicação não violenta (CNV). E, para unir a CNV com cinema e boas histórias, o Cineclube Lanterna Mágica e o Sistema Integrado de Bibliotecas, da Unisanta, realizam a terceira temporada do Cinapse Cast – Unisanta, que estará disponível nas principais plataformas de podcast a partir da segunda semana de setembro. Será como mergulhar no tema e ter como base a experiência do cinema e suas narrativas imersivas. Para estudar, pesquisar e difundir essas múltiplas possibilidades de experimentar cinema, o LabCine – Unisanta está formando uma nova turma para produzir o podcast híbrido.

Nessa temporada, a comunicação não violenta (CNV), com foco na educação, será o tema central das entrevistas e bate-papos, contando com a participação de profissionais de diversas áreas para abordar o tema central e suas possíveis soluções para a violência atual dentro e fora das escolas, tendo o cinema e suas narrativas imersivas como um caminho de expansão para uma sociedade mais acolhedora. A comunicação não violenta é uma forma de abordagem e convívio social, criada por Marshall B. Rosenberg, que visa promover conexões empáticas e resolução de conflitos por meio de expressão honesta, escuta atenta e compreensão das necessidades e sentimentos de todas as partes envolvidas.

Esta é uma ação cultural interdisciplinar do Cineclube Lanterna Mágica em parceria com o Sistema Integrado de Bibliotecas da Unisanta, cursos da Unisanta e a Ricci Filmes – Produtora da Experiência do Cinema. O Cinapse Cast – Unisanta é produzido e apresentado pela a equipe do LabCine – Unisanta, com a participação de profissionais de diversas áreas do saber, professores e alunos. A coordenação geral é do jornalista e cineasta Eduardo Ricci.

Ciclo e podcast unidos para o despertar de tudo

O ciclo de cinema “O Despertar de Tudo”, que também terá início em setembro, trará uma seleção de filmes sobre o momento atual em que precisamos despertar para aprender a ouvir melhor o outro e respeitar a troca, sem violência no cotidiano. Assim como aquele momento no café da manhã, quando acordamos de fato para o dia, cada filme trará uma narrativa possível para sabermos se estamos despertos ou mergulhados na ilusão do real do dia a dia. O Cineclube não dá respostas prontas em sua programação, mas busca abrir caminhos cinematográficos para que o espectador possa turistar e degustar o que há de mais saboroso e misterioso sobre a temática central de suas ações.

O ciclo é baseado no livro que também tem o título de “O Despertar de Tudo”, escrito por David Graeber e o arqueólogo David Wengrow. Os episódios desta temporada do Cinapse Cast – Unisanta mergulharão em trechos deste livro, destacando partes que refletem os princípios da comunicação não violenta. As entrevistas também irão discutir como os conteúdos do livro podem ser incorporados ao processo de aprendizado da CNV, incentivando a autorreflexão e a transformação pessoal.

Cultura, Pesquisa e Extensão Universitária

Os conteúdos elaborados no programa Cinapse Cast – Unisanta estão relacionados à pesquisa sobre cinema expandido e suas narrativas imersivas e à pesquisa de cartografia do afeto ao cinema em Santos e nesta edição haverá um foco na comunicação não violenta na educação, criando, dessa forma, integração entre várias áreas do saber e do fazer humano, numa extensão universitária que é um convite para criar uma melhor ideia de cidade e expandir a experiência cinematográfica, desautomatizando o olhar cotidiano sobre o espaço urbano e seus afetos.