Mestranda em Direito da Saúde defende dissertação sobre discriminação genética, no dia 09/11

126

Márcia Cláudia Fuchs Castagna dos Santos é advogada que atua  na área de Bioética, Biodireito e Direitos Humanos

No dia 9 de novembro (sexta-feira), às 11 horas, acontecerá a apresentação de defesa da dissertação “Discriminação Genética: Implicações jurídicas do uso da informação genética pelos planos de saúde”, feita pela mestranda em Direito da Saúde pela Universidade Santa Cecília (Unisanta), Márcia Cláudia Fuchs Castagna Dos Santos.

A banca avaliadora será composta por Prof. Dr. Renato Braz Mehanna Khamis; Profa. Dra. Renata Salgado Leme – Presidente; e Profa. Dra. Clarice Seixas Duarte.  A solenidade ocorrerá às 11h, na sala 72, 7º andar do Bloco E, localizado na Rua Cesário Mota, 08.

A mestranda é advogada e atua na área de Bioética, Biodireito e Direitos Humanos. Bolsista PROSUP/CAPES. Membro do Grupo de Pesquisa CNPq Transdisciplinaridade e Direitos Humanos (Unisanta).

Banca examinadora

A orientação da pesquisa ficou por conta da Profa. Dra. Renata Salgado Leme. Professora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da Saúde da Universidade Santa Cecilia. Doutora em Direito, Filosofia e Teoria Geral do Direito pela Universidade de São Paulo.

Faz parte da banca a Profa. Dra. Clarice Seixas Duarte, do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ela é Doutora em Direito, Filosofia e Teoria Geral do Direito pela Universidade de São Paulo.

E o Prof. Dr. Renato Braz Mehanna Khamis. Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da Saúde da Universidade Santa Cecília, e doutor em Direito pela PUC/SP.