Ex-aluno de pós-graduação EAD da Unisanta, Marcelo de Paula tem carreira notável como comandante da Guarda Civil Municipal de São Vicente

103

“Preparados para Tudo”, assim diz o lema da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), palavras essas que podem também ser aplicadas para definir os profissionais da Guarda Civil Municipal (GCM), instituição de proteção da população e dos patrimônios públicos que, em São Vicente, tem como comandante Marcelo de Paula, ex-aluno da Unisanta recentemente graduado na pós-graduação EAD em Segurança e Ordem Pública.

Paulistano de 48 anos de idade, Marcelo de Paula Lima já era graduado em Gestão de Segurança e pós-graduado em Segurança antes de ingressar na pós em Segurança e Ordem Pública: “Resolvi fazer uma segunda pós porque a Unisanta é referência nessa área de segurança”, afirma o guarda civil municipal, que ainda justifica o extenso currículo: “A área de segurança pública exige muito do profissional”.

O pós-graduando, que frequentou a Unisanta de agosto de 2019 a agosto de 2020, define as características mais marcantes desta experiência acadêmica: “Como destaque, cito a plataforma de ensino muito bem direcionada e elaborada. Colaborando para um ensino prático e objetivo”. O GCM também fez outra menção honrosa: “Sem me esquecer da coordenação que auxilia e sana qualquer dúvida ou problema”, lembrou De Paula.

Com a coordenação da Prof. Me. Fabíola Andrea Chofard Adami, o curso de pós-graduação a distância (EAD) em Segurança e Ordem Pública tem a duração de 464 horas e forma especialistas com habilitação em docência em nível superior, colaborando com o crescimento intelectual daqueles que realizarão o curso para uma melhora nos serviços prestados e uma postura diferenciada perante a população que clama por profissionais de segurança qualificados. Para mais informações, acessar o link.

De Paula, que é guarda civil municipal de 1ª classe há 18 anos e nos últimos quatro atuando como comandante da GCM de São Vicente, conta um pouco de seu dia a dia à frente da corporação: “A rotina diária se divide em administrar a corporação de forma interna através de despachos, ordens de serviços e treinamentos, e de forma externa, participando e comandando operações voltadas à prevenção”, afirma.

O experiente comandante também compartilhou alguns dos projetos (executados e em desenvolvimento) da GCM de São Vicente citando os famosos e competentes cães treinados da Guarda Civil: “Atualmente estamos finalizando o treinamento dos dez cães que respondem por 70% das ocorrências da corporação”, comentou.

“Concluímos a substituição da frota de viaturas, a ampliação e o fortalecimento das rondas ostensivas e preventivas com as equipes especializadas do CANIL (Rondas Ostensivas Municipais com apoio de Cães), ROMU (Rondas Ostensivas Municipais) e ROTAM (Rondas Táticas com Apoio de Motocicletas) e estamos finalizando a conclusão do convênio com a Polícia Federal visando ao porte de arma institucional”, conclui o profissional.

Marcelo de Paula ainda destaca a responsabilidade do cargo que ocupa e uma das dificuldades de se trabalhar com Segurança Pública: “Temos que ter vocação para servir e proteger, e nem sempre somos reconhecidos pelo trabalho que executamos”. Por fim, o comandante da Guarda Civil Municipal de São Vicente ressalta sutis e valiosas retribuições para o árduo trabalho que exerce: “A satisfação e a recompensa vêm do reconhecimento por um furto ou roubo evitado, ou de uma criança que nos vê como super-heróis, ainda que não usemos capa vermelha”, conclui De Paula.