Aluno de Engenharia de Computação da Unisanta, Rafael Roberth estagia na multinacional Thomson Reuters

23

Prestes a iniciar o último ano de Engenharia de Computação na Universidade Santa Cecília, o aluno Rafael Roberth estagia, há quase um ano, na multinacional Thomson Reuters. Sediada em Nova Iorque, a companhia, uma das líderes mundiais nas áreas de comunicação e informação, atende a diversos setores da economia global, como tributário, de comércio exterior, jurídico e contábil, através de diversas publicações e também de sua mundialmente conhecida agência de notícias.

Na empresa desde fevereiro deste ano, Rafael atua na área de Serviços Profissionais da LATAM, companhia resultante da fusão entre a empresa aérea chilena LAN Airlines e a brasileira TAM Linhas Aéreas. “Atualmente, tenho funções de um administrador da plataforma Azure. O setor no qual atuo, Arquitetura e Desenvolvimento da equipe de Serviços Profissionais, é responsável pelas principais etapas técnicas dos projetos de entrega dos clientes da Thomson Reuters. Nosso foco é garantir o máximo de qualidade e reduzir os riscos técnicos, mantendo-se dentro do orçamento dos projetos dos clientes”, explica o aluno, que, entre outras funções, cuida dos acessos, ferramentas, soluções e suporte para desenvolvedores e usuários da Thomson Reuters, além de parceiros e clientes.

Segundo Rafael, aqueles que buscam boas oportunidades no mercado de trabalho devem estudar a empresa na qual estão querendo ingressar, procurando saber como seus funcionários e estagiários atuam realmente: “é importante saber quanto de autonomia um estagiário terá na empresa, além de seus ideais. Assim, fica mais fácil ser aceito no processo seletivo e você não se arrependerá da sua escolha”.

Iniciando em 2020 o último ano de sua graduação, o ainda estudante já é capaz de apontar alguns momentos importantes de sua trajetória como aluno. “Aprendi muito com os projetos que nos foram propostos, como, por exemplo, o AGV dos professores Cláudio Fernandes e Sandro Bastos, o Braço Robótico do professor João Amaral, a Máquina de Goldberg dos professores Luis Fernando Ferrara e Sabrina Martinez e, mais atualmente, o projeto de Ciências do Ambiente da professora Alexandra Sampaio, que tivemos a oportunidade de apresentar em congressos como projeto de iniciação científica. Também aprendi muito ao fazer parte da monitoria no Núcleo de Pesquisas em Eletrônica (NPE/Unisanta), coordenado pelo professor Mauricio Conceição Mario com a participação da professora Raquel Lopes. Neste laboratório, fundamos, juntamente com outros estagiários, um projeto de ação social chamado Bits de Carinho”, finaliza.

Fonte: https://engenharia.unisanta.br/computacao/noticias/aluno-de-engenharia-de-computacao-da-unisanta-rafael-roberth-estagia-na-multinacional-thomson-reuters/