Livro de Matheus Rotundo, professor da Unisanta, recebe importante prêmio acadêmico

173

O livro intitulado “Peixes Teleóteos da Costa Norte do Brasil” ficou em 1.° lugar na categoria Ciências Naturais e Matemáticas do 8.° prêmio da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU).

Na noite da última sexta-feira (18), a Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU) premiou os livros publicados em 2021. A cerimônia ocorreu no teatro da Unibes Cultural em São Paulo e contou com a presença dos autores e editores dos livros indicados em oito categorias, além de representantes da ABEU.

O livro “Peixes Teleósteos da Costa Norte do Brasil” teve como um dos organizadores e autores o Prof. Dr. Matheus Rotundo, docente do curso de Ciências Biológicas (biologia marinha) e dos programas de pós-graduação (mestrado e doutorado) em Auditoria Ambiental, Ecologia e Ciências e Tecnologia da Unisanta. O Prof. Rotundo também é curador do Acervo Zoológico (AZUSC) e coordenador do Núcleo de Análises Socioambientais da Universidade Santa Cecília (Nasa-Unisanta).

A obra reuniu informações sobre 787 espécies, com chaves de identificações, fichas descritivas e ilustrações de mais de 490 peixes costeiros da região Norte do Brasil (Amapá ao Maranhão). Lançado pela Editora do Museu Paraense Emílio Goeldi, o livro foi resultado de uma parceria interinstitucional envolvendo o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), Universidade Santa Cecília (Unisanta), Universidade de São Paulo (USP), Fish Bizz e o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Norte (Cepnor). Também teve colaboração do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Segundo Rotundo, o livro teve ampla aceitação no meio acadêmico e reflete anos de estudos científicos realizados na região: “O livro recebeu excelentes críticas de diversos pesquisadores brasileiros e estrangeiros, sendo a compilação de artigos científicos publicados pelos autores”. Ainda segundo Rotundo, a obra reflete uma importante etapa da pesquisa: “Este livro acadêmico representa uma etapa importante da pesquisa científica, a divulgação científica, onde os autores sumarizaram informações sobre uma das regiões menos conhecidas do Brasil em relação a sua biodiversidade”. Também destacou a importância do prêmio: “É muito reconfortante receber esta premiação de uma importante instituição de viés acadêmico, isso demonstra que a pesquisa brasileira continua caminhando, o reconhecimento do esforço é valido e o conhecimento será perpetuado”.

Juntamente com Prof. Rotundo, o livro teve a participação dos pesquisadores Alexandre Pires Marceniuk, Rodrigo Antunes Caires, Alfredo Carvalho-Filho, Wagner Rosa dos Santos e Alex Garcia Cavalleiro de Macedo Klatau. Rotundo destacou a integração do grupo para a realização do livro e estudos científicos: “A equipe de organizadores e autores tem um amplo histórico de parcerias científicas, o que favorece a produção e a amizade”. Rotundo ainda destacou as próximas etapas da equipe: “Continuaremos trabalhando juntos em diferentes pesquisas e na confecção de outros livros acadêmicos, pois ainda existem muitas questões importantes para serem abordadas”.

A versão eletrônica do livro está disponível para ser baixada gratuitamente através do site do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), no link: https://www.gov.br/museugoeldi/pt-br/a-instituicao/difusao-cientifica/livros-digitais-1