Lebio Unisanta promove workshop gratuito sobre “Corais em um Oceano de Mudanças”, nos dias 29 e 30/6

158

O Laboratório de Ecofisiologia e Bioquímica de Organismos Aquáticos (Lebio) da Universidade Santa Cecília irá promover um workshop com o tema “Corais em um Oceano de Mudanças”, nos dias 29 e 30 de junho.

No sábado, dia 29, o evento ocorrerá das 9h às 17h, na Unisanta – Rua Oswaldo Cruz 277, Santos, SP. Já no domingo, dia 30, acontecerá, das 10h às 15h, na Coral Cultura – Av. Prefeito Dr. Gheorghe Popescu, 1044, Peruíbe, SP. Para se inscrever, basta preencher o formulário: Workshop Corais em um Oceano de Mudanças – Formulários Google.

A atividade contará com a presença dos biólogos: Prof. Dr. Samuel Coelho de Faria (Centro de Biologia Marinha da USP), Profa. Dra. Helen Sadauskas-Henrique (Lebio, Unisanta), Luis Felipe Albertoni (Coral Cultura e Unisanta) e Gislaine Lima (doutorando na Unifesp, Campus Baixada Santista). O objetivo é introduzir os participantes no mundo dos corais, destacando sua classificação, anatomia, fisiologia e diversidade, assim como alterações ambientais que podem afetar esses organismos.

Além disso, tem o intuito de explorar como a pesquisa científica pode auxiliar no entendimento desses organismos contribuindo para sua preservação e fornecer uma visão de como se iniciar pesquisa com corais indo desde a pergunta do trabalho, montagem de experimento a coleta de dados.

Sobre os biólogos:

Helen Sadauskas-Henrique é bióloga, mestre e doutora em Ecologia com estágio doutoral realizado na Curtin University (Perth-Western Australia) e pós-doutorado pela University of British Columbia – UBC (Vancouver-Canadá). Atualmente é professora permanente da Universidade Santa Cecília – Unisanta, onde orienta trabalhos científicos dentro dos Programas de Pós-Graduação em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marinhos (PPG-ECO-MAR), Auditoria Ambiental (PPG-AUD) e Ciência e Tecnologia Ambiental (PPG-CTA). Desenvolve trabalhos nas áreas de Ecofisiologia e Ecotoxicologia de ambientes aquáticos.

Samuel Coelho de Faria é biólogo, mestre e doutor em Ciências, com pós-doutorados pela Universidade Federal do Rio Grande, Universidade de São Paulo, Bermuda Institute of Ocean Sciences (Bermudas), e University of California (EUA). É professor doutor do Centro de Biologia Marinha da USP, vice-chefe da Divisão de Ensino e Pesquisa e coordenador regional do Projeto Coral Vivo no estado de São Paulo. Tem experiência em Fisiologia Animal, com ênfase em Fisiologia Evolutiva, Ecofisiologia e Biogeografia Funcional, com particular interesse em História e Filosofia da Ciência.

Gislaine Lima é formada em Ciências Biológicas pela UFPE e atualmente, está cursando doutorado na Unifesp. Sua carreira se concentra no terceiro setor, onde ela se destacou na elaboração, gerenciamento e execução de projetos ambientais, com foco na biologia da conservação, especialmente em unidades de conservação e recifes de corais.

Luis Felipe Albertoni está em sua segunda graduação em Ciências Biológicas na Universidade Santa Cecília, onde possui sua segunda bolsa CNPQ de iniciação científica voltada para ecotoxicologia e fisiologia de corais. E um dos sócios-proprietários da fazenda de corais Coral Cultura.

 

Confira a programação:

Dia 1 – Parte Teórica

Data: 29/6 (Sábado)

Local: Sala C27 da Universidade Santa Cecília – Rua Oswaldo Cruz 277, Santos, SP

Horário: 9h às 17h

 

I. Introdução

– Boas-vindas aos participantes e breve introdução ao tema do workshop.

– Apresentação dos objetivos e da estrutura do workshop.

ll. Classificação dos Corais (Gislaine)

– Explicação sobre os principais grupos de corais, com ênfase em:

-Hexacorais: características distintivas, exemplos e diversidade.

-Octocorais: características principais, exemplos e variedades.

-Zoantídeos: características e diferenças em relação a outros tipos de corais.

-Corallimorpharia: características e sua relação com os corais verdadeiros.

-Exibição de imagens ou vídeos para ilustrar os diferentes tipos de corais.

III. Fisiologia dos Corais (Mestre Gislaine)

– Visão geral da fisiologia dos corais, incluindo: Anatomia básica dos corais.

-Relação simbiótica com as zooxantelas e sua importância para a sobrevivência dos corais.

-Processos de alimentação e reprodução dos corais.

– Discussão sobre como a compreensão da fisiologia dos corais é essencial para o design e a interpretação de experimentos científicos.

IV. Parâmetros físico-químicos e escolha de equipamentos (Luis)

– Apresentação dos parâmetros físico-químicos da água (temperatura, salinidade, ph, kh, ca, mg, nutrientes e microelementos) e sua importância.

– Coleta de água, preparo de água com sal sintético e água de reposição.

– Controle dos parâmetros, testes, equipamentos de monitoramento e automação.

– Entendendo os conceitos e necessidades básicas de iluminação (espectro e PAR).

– Determinando qual o fluxo ideal de água.

V. Metodologia científica aplicada para corais (Profa. Dra. Helen)

– O que é pesquisa?

– O método científico.

– Desenho experimental: unidade experimental, réplicas, variáveis e tratamentos.

– Coleta de dados.

VI. Aprendendo ciência com os corais (Prof. Dr. Samuel e Profa. Dra. Helen)

– Estudos conduzidos no LEBIO.

– Estudos realizados no CEBIMAR.

– Entender a problemática abordada e quais as perguntas a serem respondidas.

– Análises feitas e resultados obtidos.

– Artigos publicados.

VI. Importância dos Corais em Experimentos Científicos (Prof. Dr. Samuel)

– Discussão sobre a relevância dos corais em pesquisas científicas, incluindo sua contribuição para a compreensão de processos biológicos e ecológicos.

– Exemplos de estudos que utilizam corais em experimentos científicos.

– Exploração das razões para usar corais em experimentos científicos, incluindo sua sensibilidade a mudanças ambientais e seu papel como indicadores de saúde dos ecossistemas marinhos.

– Áreas de pesquisa que se beneficiam do uso de corais.

VII. Mesa redonda

– Resumo dos principais pontos discutidos durante o workshop.

– Oportunidade para os participantes fazerem perguntas e compartilharem suas reflexões.

– Agradecimentos aos participantes e incentivo para continuarem explorando o tema dos corais em suas pesquisas ou interesses pessoais.

 

Dia 2 – Parte Prática

Data: 30/6 (Domingo)

Local: Coral Cultura – Av. Prefeito Dr. Gheorghe Popescu 1044, Peruibe, SP

Horário: 10h às 15h

– Visita à uma fazenda de corais.

– Identificação prática dos diferentes grupos de corais.

– Compreendimento das funcionalidades dos equipamentos.

– Realização de testes multiparâmetros.

– Técnicas de fragmentação de corais.

– Fabricação de mudas de corais (que serão utilizadas para futuros experimentos científicos).