Exposição destaca José Bonifácio de Andrada e Silva como cientista

223

Como parte da programação das comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil, o professor de Engenharia da Unisanta João Inácio da Silva Filho organizou uma exposição para homenagear José Bonifácio de Andrada e Silva, mostrando a sua atuação como cientista de destaque mundial nas pesquisas químicas e mineralógicas.

Além de ter papel decisivo na Independência do Brasil, Bonifácio é o único brasileiro a ter o nome ligado a trabalhos que resultaram na descoberta de um elemento da tabela periódica.

A mostra está aberta para visitação gratuita na Casa do Trem Bélico – Rua Tiro Onze n.º 11, Centro Histórico Santos, de terça a domingo, das 11h às 17h. O equipamento cultural obedece a todos os protocolos do Plano SP, com totens de álcool em gel disponibilizados aos visitantes, controle de acesso e exigência do uso de máscara durante a permanência no local.

Sobre a mostra – O material exposto é composto de 39 amostras de minerais, sendo que quatro são de minerais descobertos por José Bonifácio de Andrada e Silva em 1800 quando participava de expedições científicas na Europa. Destas quatro amostras, dois minerais descobertos por José Bonifácio (espodumênio e petalita) foram utilizados em 1817 para o isolamento do lítio.

“Ainda hoje estes dois minerais são utilizados para a industrialização do lítio, que hoje é amplamente usado na tecnologia das construções das baterias que alimentam os nossos celulares”, afirma Inácio.

Ainda de acordo com Inácio, em 1868 um cientista da área da mineralogia deu o nome a um novo mineral de “andradita” em homenagem a José Bonifácio de Andrada e Silva colocando o seu nome definitivamente no seleto grupo de grandes cientistas. “A exposição dá destaque a este reconhecimento da Ciência expondo também uma amostra deste mineral”.

No total, são 13 painéis (banners) que procuram mostrar a descrição da vida acadêmica e científica do Patriarca da Independência. A exposição das amostras de minerais foi montada em 5 kits que podem ser facilmente desmontados. Dessa forma, a exposição pode ser itinerante.

Além da exposição, um jogo interativo do tipo caça-palavras com os temas “José Bonifácio de Andrada e Silva” e “Independência do Brasil” foi produzido pela Profa. Dorotéa Vilanova Garcia e alunos da Engenharia da Computação da Unisanta. O software já está patenteado pela Unisanta e será oferecido às escolas de Santos e região.

Quem foi José Bonifácio? José Bonifácio de Andrada e Silva foi um naturalista, estadista e poeta brasileiro, conhecido pelo epíteto de Patriarca da Independência por seu papel decisivo na Independência do Brasil. Em 11 de janeiro de 2018, foi declarado oficialmente Patrono da Independência do Brasil.

Comissão Bicentenário – A Comissão Municipal do Bicentenário da Independência do Brasil foi criada em novembro de 2020 para planejar as ações, obras e eventos comemorativos à data em Santos, celebrada em 7 de setembro deste ano. A Universidade Santa Cecília faz parte da Comissão que também é composta por representantes da Fams, secretarias de Cultura, Educação, Turismo e Gabinete do Prefeito; Instituto Histórico e Geográfico, Subseção de Santos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Santos, entre outras
entidades.

Confira o artigo do João Inácio da Silva Filho – Exposição em homenagem a José Bonifácio de Andrada e Silva no Bicentenário da Independência do Brasil