Alunos de Engenharia entregam a crianças do Lar Santo Expedito brinquedos produzidos no InovFabLab

344

O projeto envolveu alunos do 1º. ano de Engenharia Civil, Mecânica, Química, de Produção e Elétrica e, além da construção de brinquedos, teve como objetivo a apresentação de uma maquete de um Hangar

Mais de 40 brinquedos confeccionados por alunos de Engenharia da Universidade Santa Cecília (Unisanta) foram doados nesta terça (4), para as crianças do Lar Santo Expedito. As peças foram produzidas em MDF com a utilização dos equipamentos do InovFabLab, laboratório de inovação tecnológica da Unisanta.

Os brinquedos foram produzidos a partir da sobra de material utilizado para a execução do Projeto Hangar, como parte da disciplina de Introdução à Engenharia Contemporânea, a cargo dos professores Nilene Janini de Oliveira Seixas, Ivanilto Andreolli e Luciene de Arruda Bernardo. Participaram cerca de 150 estudantes do 1º. ano de Engenharia Civil, Mecânica, Química, de Produção e Elétrica.

O objetivo do projeto foi a construção de maquetes de um Hangar em escala. Os trabalhos foram avaliados por 13 professores, em vários critérios, entre eles, a criatividade. Além da entrega dos brinquedos para as crianças, foram premiadas também, na última terça-feira (4), as três melhores maquetes de Hangar.

De acordo com Sérgio Schina, coordenador do InovFabLab, “como haveria uma boa sobra de materiais, foi realizada a construção de brinquedos com o propósito de doação para crianças. “Todos os grupos usaram a criatividade para montar um brinquedo. Acho que isso faz com que os alunos pratiquem a ideação. Faz com que eles já comecem a utilizar os conceitos de Engenharia para poder formar um produto, no caso aqui um brinquedo ou então um hangar, usando todas as técnicas já aprendidas em sala de aula”, afirma o engenheiro.

Schina completa ainda dizendo que esse tipo de atividade, logo no início do curso, só engrandece todos que participam.

Para a coordenadora do curso de Engenharia Civil, engenheira Nilene Janini de Oliveira Seixas, este projeto foi um grande desafio. “Eles acabaram de entrar na universidade, então esse trabalho foi motivacional para todos os alunos. Eles trabalharam em equipe e se dividiram em grupos formados por cinco alunos, cada um de uma área da Engenharia (Civil, Química, Mecânica, Produção e Elétrica)”.

Nilene lembrou ainda que esse trabalho teve grande fundamento teórico, pois os alunos tiveram que apresentar também o Diário de Bordo, mostrando todas as etapas utilizadas para a construção da maquete.

“Eles cortaram e montaram, nas folhas de MDF, as partes para a construção do hangar e do avião, envolvendo as Engenharias Civil e Mecânica. A pintura ficou com a Química e a Produção foi desde o início do projeto, com seu desenvolvimento. Na Elétrica, eles desenvolveram um sensor com uma lâmpada que irá acender quando o avião passar. Assim, eles viram um pouquinho de cada Engenharia”, conclui Nilene.

Ainda segundo a docente, os estudantes fizeram um curso para utilizar a cortadora a laser e a impressora 3D do InovFabLab, além dos recursos do CAD. Para aproveitar totalmente as placas de MDF, eles fizeram os brinquedos como quebra-cabeças, jogos de dama, carrinhos, casa de bonecas, dinossauros, entre outros.

Premiados – A reitora da Unisanta, profa. dra. Sílvia Teixeira Penteado premiou os três melhores projetos de Hangar. Segundo ela, o trabalho em equipe é fundamental à profissão de engenharia. A reitora também parabenizou diretores, coordenadores e professores envolvidos no projeto que foi o primeiro da vida acadêmica desses alunos.

O primeiro lugar ficou com o grupo Blyat, dos alunos Luiz Gustavo (Engenharia Mecânica); Murilo Vinicius (Engenharia Produção); Nicolas Lima (Engenharia Mecânica); Matheus Julio (Engenharia Mecânica); Lucas Barbosa (Engenharia Mecânica) e Lucas Gomes (Engenharia Mecânica).

 

O segundo colocado foi o grupo Star 19, com os seguintes componentes: Cecília Amorim (Engenharia de Produção); Elaine Almeida (Engenharia de Produção); Gabriel Lopes (Engenharia Mecânica); Talita Freitas (Engenharia de Produção); Victor Terzariol (Engenharia Mecânica).

 

Já o terceiro lugar ficou com Voos Particulares Unisanta. Participaram da equipe: Bruno Paraguay (Engenharia Química); Gabriel Dantas (Engenharia Química); Leonardo Malta (Engenharia de Produção); Thiago Reis (Engenharia Mecânica) e Henrique dos Santos (Engenharia Elétrica).

 

Para Joelma Ferreira, mãe de Elaine Almeida, integrante do grupo que ficou com a segunda colocação, a alegria é muito imensa e inexplicável. “Vim do interior do Nordeste e chegar aqui numa cidade grande e ter a oportunidade de colocar minha filha nessa ótima escola com o esforço do meu trabalho e ver que ela está sendo destacada entre centenas de alunos é maravilhoso. Espero em Deus que ela venha a crescer mais e mais e venha trazer não só alegria para mim, mas para todos aqueles que precisam do projeto novo nosso mundo”.