TEP-Unisanta participa do 23º FESCETE com exposição e apresentação de curta metragem no MISS

91

O Teatro Experimental de Pesquisas da Universidade Santa Cecília (TEP-Unisanta), um dos grupos mais antigos da região em atividade constante desde 1969, celebra este ano o JUBILEU DE OURO da sua criação. Entre as atividades a festejar a data, destaca-se, neste mês de junho, a participação do grupo no 23º FESCETE com a exposição TEP 50 ANOS e a apresentação do curta metragem CINQUENTA, ambos no Museu da Imagem e do Som de Santos (MISS).

TEP-50 ANOS – A exposição é composta por 30 fotografias que documentam simbolicamente sua trajetória e 28 figurinos criados paras alguns das suas emblemáticas montagens. A mostra tem curadoria de Gilson de Melo Barros, diretor do grupo e Lindalva Parolini, que assina também alguns dos figurinos expostos.

As fotografias expostas, acervo do grupo, são registros realizados a partir dos espetáculos montados pelo grupo durante a sua trajetória, acompanhada pelas lentes de vários fotógrafos santistas que se dedicam à arte do registrar a cena teatral da nossa região: Antonio Abreu, Biga Appes, Delba Baraldi, Denise Braga, LF Mutti, Rafael Branco, Simone Soffredini e Tito Wagner.

A abertura da exposição TEP 50 ANOS será dia 14/6, às 19 horas, podendo ser visitada até o dia 27 do mesmo mês, das 10 às 20h. Entrada franca

CINQUENTA – Recém finalizado, o curta metragem CINQUENTA será apresentado no dia 14/6, apenas na abertura da exposição. Com 22 minutos, o documentário aborda a história do grupo através de farto material documental. O vídeo desenvolve-se entre recortes de espetáculos montados, fotografias de cena, fragmentos de material áudio visual, matérias jornalísticas e alguns depoimentos, entre eles o do saudoso Jornalista e diretor teatral, Roberto Peres e do ex secretário de Cultura e Santos e ex integrante do movimento teatral santista, Carlos Pinto.

Além de Gilson de Melo Barros, que assina a direção do curta, Tales Ordakji responde pela edição. O trabalho conta ainda com as valiosas participações de Claudia Gomes e L.F. Mutti, na sua finalização e acabamentos.

Histórico do grupo – Criado no final dos anos 60, em plena ditadura militar, o grupo “sobreviveu” à história, passando por vários processos de criação em que se destacaram notáveis montagens teatrais, além de atividades áudio visuais que lhe valeram destaque em eventos cinematográficos. Viagens internacionais e prêmios em festivais locais, estaduais e nacionais também marcaram sua trajetória, tornando o grupo em uma das referências do fazer teatral da nossa região.

Neste período, inúmeros artistas passaram pelo grupo, deixando valiosas contribuições para a sedimentação do seu histórico, onde ganham destaque alguns que já se foram, como o saudoso agitador cultural, Toninho Dantas, o premiadíssimo figurinista e maquiador, Domingos Fuschini e ator e animador cultural, Zéllus Machado. Valiosas também, entre tantos outros que por seus quadros transitaram, as participações uma das fundadoras do grupo e criadora do GAPA/BS, Nanci Alonso, o ator de diretor teatral, Miguel Hernandez e o diretor teatral e ex secretário de cultura de Santos, Marco Antônio Rodrigues.

Serviço – A exposição será aberta dia 14/06, às 19h, podendo ser visitada até o dia 27 do mesmo mês, das 10h às 20h, no Museu da Imagem e do Som / Santos – Centro Cultural Patrícia Galvão, Av. Pinheiro Machado, 48, no térreo. Entrada franca.
Informações e fotos: assecom@unisanta.br e gilson61barros@hotmail.com (13) 991723122