Unisanta recebe o I Workshop para o Ensino Inclusivo de Ciências da Vida e a II Feira da Bio.Inclusão, dias 18 e 19/9

137

A Universidade Santa Cecília (Unisanta)  é uma das entidades apoiadoras  do “I Workshop para o Ensino Inclusivo de Ciências da Vida” e da “II Feira da Bio.Inclusão”, eventos que serão realizados nos dias 18 e 19/9, na instituição. O objetivo do workshop é promover a formação de recursos humanos, a discussão de metodologias aplicadas ao ensino e a disseminação de conhecimentos das ciências da vida, por meio de estratégias inclusivas.

No dia 18/9, às 10h, Bruna Barros realizou a palestra de abertura do I Workshop,  para discutir o quadro geral da educação no Brasil e como é possível mudar a realidade atual, apontando os mecanismos de inclusão social e o apoio daqueles que estão ao nosso redor.

Bruna Barros é formada em Ciências Contábeis e tem MBA pela BI International. Fez duas especializações em gestão Pública e Economia nos Estados Unidos nas Universidades Johna Hopkins (D.C) e Columbia (NYC). Tem mais de 10 anos de experiência em Auditorias e Consultorias de Negócios em grandes multinacionais, e nos últimos 2 anos dedica-se também na iniciativa que fundou para impactar o mercado de empreendedorismo pelo fomento baseado em diversidade e inclusão.

Participa ainda do grupo pela representatividade em diversas áreas como igualdade racial, políticas públicas e combate a violência da mulher e é liderança cívica do Movimento Acredito, Líder RAPS e RenovaBR.

Didática Multissensorial

No dia 18 de setembro,  às 15h30,  os integrantes do Projeto Bio.Tátil falaram sobre o ensino de biologia para deficientes visuais, através do uso da didática multissensorial, um método que possui um potencial inclusivo.

Débora Martins Lopes e Pérola Villalobo Garcia são estudantes de graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura), idealizadoras e educadoras do projeto Bio.tátil.

Leandro Mantovani de Castro é graduado em Biomedicina  com doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é Professor Assistente na Universidade Estadual Paulista. Atua na área de Biologia celular, molecular e espectrometria de massas para caracterização, função e metabolismo de proteínas e peptídeos bioativos em diferentes modelos biológicos. Desenvolve projetos de educação voltados para área de Biologia Celular, Anatomia Humana e Histologia.

No dia 19 de setembro,  às 10h,  Rosemary Leite irá falar sobre a cultura surda e a prática da Língua Brasileira de Sinais – Libras.

Rosemary Leite é pedagoga especialista em EDAC (Educação dos deficientes de áudio comunicação) e atua na Congregação Santista de Surdos.

Terça-feira (18 de setembro)

Palestra 1: Um sonho que se constrói em conjunto, com Tabata Amaral – das 10h às 11h30

Palestra 2: Síndrome de Down – Modelo social e educacional do século XXI, com Cristiane Zamari Diogo – Das 14 às 15 horas

Apresentação Cultural: Coral Raio de Luz, do Lar das Moças Cegas –  às 15 horas

Palestra 3: Projeto Bio.tátil – aprendendo biologia com a Didática Multissensorial, com Débora Martins Lopes, Pérola Villalobo Garcia e Leandro Mantovani de Castro – das 15h30 às 16h30

 

Quarta-feira (19 de setembro)

Palestra 4: A prática de uma língua viso-espacial, com Rosemary R.M. Leite – das 10 às 11 horas

Oficina: Libras, com Rosemary R.M. Leite – das 11 ao meio-dia

Palestra 5: A contribuição da genética e a modelagem de doenças no Transtorno do Espectro do Autismo, com Graciela Conceicao Pignatari – das 14 às 15 horas

Apresentação Cultural: Grupo Capoeira Escola – às 15 horas

Palestra 6: Autismo – da Maternidade às Políticas Públicas, com Ana Paula Chacur – das 15h30 às 16h30

Simpósio de Incentivo à Pesquisa em Educação Inclusiva – das 10h30 ao meio-dia

II Feira da Bio. Inclusão

A Feira da Bio.Inclusão – agora, junto com o workshop de Ensino Inclusivo – chega ao seu segundo ano de realização, com o objetivo é alcançar ainda mais pessoas. Para isso, busca atrair alunos do ensino regular e especial, seus pais, professores e toda a comunidade. A ideia é abordar as ciências da vida de maneira inclusiva e prática, com estandes e oficinas.

Para mais informações sobre os dois eventos acesse o site oficial https://biotatil.wixsite.com/feirabioinclusao.

Os eventos têm o apoio ainda da Unesp IB-CLP, Bio.Tátil e Lar das Moças Cegas.