Araquém Alcântara,  autor de 53 livros de alta qualidade, afirma que  Dennis faz poemas visuais com suas fotos. A mostra será  de 7/11 a 6/12, no Espaço Cultural da Câmara Municipal de Santos.

Fotógrafo, jornalista e designer (formação realizada nos cursos de Jornalismo e Produção Multimídia, da UNISANTA), o santista Dennis Calçada vai realizar sua primeira exposição individual intitulada “Alaya”.

A vernissage para convidados será no dia 6 de novembro, às 18 horas, e, a partir do dia 7,  todos poderão acompanhar a mostra que ficará em exibição até 6 de dezembro, exceto aos sábados e domingos, no Espaço Cultural da Câmara Municipal de Santos.

Alaya, que no sânscrito significa morada interior, tem o objetivo de fazer o espectador não apenas contemplar, mas mergulhar e se reconectar com o seu eu interior, assim como buscamos quando procuramos contato com a natureza, por intermédio das 18 imagens expostas em preto e branco, todas em alta qualidade de impressão fine art realizada pela Terra Brasil Fine Art.

O tema foi pesquisado e produzido por Dennis Calçada desde 2016,  quando se interessou pelo assunto e enxergou uma oportunidade de dizer,  com a fotografia,  a importância de equilibro e conexão entre homem e natureza. Nesse período o fotógrafo andou e registrou esse ambiente de florestas e mata fechada em lugares como Bonito-MS, Foz do Iguaçu, Pantanal (de Miranda e Nhecolândia), Tiradentes, Ilha Grande, Paraty e Ilha do Cardoso, em Cananéia.

 Primeira mostra

“Entrega, paciência e comprometimento na busca pelo melhor. Assim costumo trabalhar e assim foi realizado Alaya. Por ser a primeira exposição,  o desejo,  desde o começo,  foi fazer um conteúdo com qualidade. Podemos dizer que é meu cartão de visita no mercado da fotografia, além do respeito por quem for conferir o meu trabalho”, declarou Calçada, que  em outubro,  teve uma foto pré-selecionada para concorrer em dezembro com fotógrafos do mundo todo no conceituado concurso da lensculture, o Black & White Photography Awards.

Araquém,  ícone da fotografia

Com 48 anos de experiência, referência na fotografia e profundo conhecedor do tema natureza e cultura brasileira, Araquém Alcântara,  que faz a curadoria da exposição,  fala sobre a proposta e trabalho do fotógrafo santista e sobre esta sua nova área de atuação:

“Dennis, apesar do pouco tempo na fotografia autoral, já tem a consciência da linguagem que escolheu, já sabe o que quer fazer e o que dizer com a fotografia. Não se deixa mais engolir por essa enxurrada de banalidades, por essa necessidade moderna de parecer brilhante e original em pouco tempo. E isso é muito promissor. Dennis vai investigando sem pressa, castigando os olhos nas formas, linhas e volumes do grandioso mundo deste jardim planetário”.

“A maioria dos aprendizes se perde no emaranhado de obstáculos que a fotografia de natureza impõe: falta de mercado, carência de ensino profissional, equipamentos e viagens dispendiosas, condições adversas, e, principalmente, a falta da impulsão criativa que nos leva a perseverar. Neste gênero da fotografia é preciso descondicionar o olhar, transver a realidade, buscar a quintessência”.

“Com este seu Alaya, Dennis revela o espírito criador que habita a floresta intocada, a beleza do sagrado nas pequenas coisas, o brilho da luz que conversa com as formas da mata escura”.

“Ele escolheu um caminho difícil para o seu primeiro ensaio, fotografar a floresta em preto e branco.  A profusão de cores que ela reverbera quase exige a fotografia colorida, mas Dennis seguiu o caminho contrário e nos surpreende com imagens de forte impacto visual, como se a floresta fosse iluminada contra um grande “cosmo” negro ou um fundo estático de estúdio ou de teatro”.

“Ele nos transporta para o terreno da magia com uma composição original e criativa. Seu trabalho nos demonstra, sem sombra de dúvida, que temos um novo fotógrafo na cena. Um fotógrafo que faz poemas visuais, um poeta que veio para frutificar”.”

“Bem-vindo, Dennis, ao mundo dos que transformam o banal em invenção”, comentou Araquém, que ao longo da carreira tem 53 livros publicados”.

Mostra Fotográfica Ayala                                 
Entrada: Gratuita
Local: Câmara Municipal de Santos (Praça Tenente Mauro Batista de Miranda, 1 – Vila Nova, Santos – SP)
Data: De 07\11 a 06\12
Horário: das 8h às 18h
Venda: Interessados em adquirir os quadros expostos devem entrar em contato direto com o fotógrafo Dennis Calçada pelo (13) 99775-6524 e\ou contato@denniscalcada.com.br