Ana Marcela, da Unisanta, é vice-campeã do Circuito Mundial de Maratonas Aquáticas e será eleita melhor do ano pela FINA

77

Com o resultado, a brasileira garante o prêmio de melhor do mundo pela FINA em 2017 e já é a atleta que mais ganhou esta premiação da Federação Internacional

A atleta da Universidade Santa Cecília (Unisanta), Ana Marcela Cunha garantiu, na madrugada deste sábado (21), o vice-campeonato do Circuito Mundial de Águas Abertas da Fina. A brasileira foi a segunda colocada na última etapa da competição disputada em Hong Kong, terminando os 10km com o tempo de 2h02m12s7c, apenas um centésimo atrás da italiana Ariana Bridi, que ficou com o título da competição.

“Este vice-campeonato tem um sabor muito especial. Comecei a temporada retornando da cirurgia, com colocações não tão boas, mas consegui recuperar a pontuação a partir do Canadá. Foram pódios consecutivos e só tenho o que comemorar. Foi um ano incrível”, avaliou a baiana, que ainda tem um motivo a mais para festejar.

Ana Marcela Cunha é a melhor atleta de águas abertas do mundo em 2017 e vai ser coroada com o Prêmio da FINA em cerimônia de gala a ser realizada no início de dezembro em Sanya, na China, repetindo os títulos de 2010, 2014 e 2015. Em oito edições da premiação, a brasileira venceu quatro. Ana Marcela terminou a temporada com 610 pontos e a francesa Aurelie Muller ficou com 560 pontos.

Nesta temporada, Ana Marcela ficou em 12º em Abu Dhabi, quinto em Viedma (Argentina) e Setubal (Portugal), prata em Lac St Jean (Canadá) e Hong Kong e ouro no Lac Megantic (Canadá) e em Chun’an (China). Isso sem contar com as três medalhas conquistadas no Mundial de Budapeste, na Hungria. O Ouro no 25km, a prata nos 10km e o bronze nos 5km.