Projetos Jovens Empreendedores e Produto Inovador foram apresentados no Colégio dia 30

84

Com o objetivo de compartilhar o conhecimento, desenvolvimento e experiência empreendedora dos alunos, o Colégio Santa Cecília, em parceria com o Sebrae, apresentou mais uma edição do projeto Jovens Empreendedores. Além desta atividade, ocorreu também a apresentação do Projeto Produto Inovador, a cargo dos alunos do Ensino Fundamental II. Ambos os eventos aconteceram no último sábado (30/9), das 9h às 12h, no Ginásio Laerte Gonçalves, na Rua Oswaldo Cruz, 266, bairro do Boqueirão, em Santos. 

PROJETO JOVENS EMPREENDEDORES

A atividade envolveu alunos e docentes da Educação Infantil ao 5.º ano do Ensino Fundamental I. Para capacitar os estudantes, os professores desenvolveram, ao longo do ano, exercícios prévios divididos em etapas e com diversos temas, entre eles higiene, socialização, cooperação, organização, trabalho em equipe, culinária.

As turmas do Maternal I, Maternal II, Jardim I e Jardim II fizeram “A Mágica Fábrica de Natal”, enquanto o 1.º ano ficou responsável pela lojinha “Feito com Amor”, onde havia doces e salgados. O segundo ano ficou responsável pelo “Arte e Temperos”, e o terceiro ano, pelo “Cata-Vento Brinquedos”. Na turma do quarto ano, houve jogos criados pelos alunos, e no quinto ano, o “Mundo dos Doces”.

As atividades foram expostas para os familiares dos estudantes e para o público. O evento mostrou toda a criatividade e habilidades dos alunos envolvidos. Após a venda dos produtos, os alunos realizaram uma votação para decidir como seria utilizado o lucro arrecadado durante o evento.

A reitora da Universidade Santa Cecília, Dra. Sílvia Teixeira Penteado, enfatiza a importância do projeto para o desenvolvimento dos alunos e parabeniza todos os envolvidos na atividade pelo trabalho realizado. “É um dos projetos mais importantes, primeiro porque ele trabalha toda a coordenação da criança, criatividade e o empreendedorismo, o que faz com que ela trabalhe muitas vezes em rede e ainda tenha as condições de apresentar seu produto, isso lhe dá desenvoltura e faz com que as famílias também possam participar. Estão de parabéns os professores, coordenadores, pais e responsáveis, a Diretora Marilisa, e o Sebrae por este belo projeto “Jovens Empreendedores”.

Marcus Teixeira, diretor de marketing da Universidade Santa Cecília, ressalta: “Mais uma vez o Colégio Santa Cecília abre as portas para receber os pais e as famílias para mostrar um pouquinho do que é feito aqui, podemos perceber as crianças interagindo com as famílias, seus projetos inovadores através das disciplinas que eles têm em sala de aula e também as disciplinas optativas como robótica, e tudo isso influencia a criação das crianças. Nossos filhos também tem o prazer de estudar aqui e fazer as coisas inovadoras através desse projeto com o Sebrae. Então mais uma vez todos estão de parabéns, funcionários, colaboradores que fizeram nessa semana esse show de portas abertas”.

A coordenadora do Ensino Fundamental I, Denise dos Santos Fernandes destaca a animação dos alunos e das famílias ao participarem desse evento que já acontece há muitos anos. “O projeto Sebrae jovens empreendedores primeiros passos é uma parceria que já dura 12 anos, sempre com as crianças animadas, entusiasmadas e as famílias participando; então a gente sente o astral lá no alto. Os alunos sabem que tudo aquilo que eles estão trabalhando e investindo nesse momento vai ter um lucro revertido para semana da criança, então a animação fica maior ainda”.

A aluna Karen Yumi, do 1º ano do Fundamental I, estava vendendo torradas e brigadeiros na feira e contou que se deu muito bem lidando com o dinheiro do troco, mesmo sendo a primeira vez em que participou do evento. “Estou amando trabalhar aqui, é minha primeira vez, mas está muito legal e eu estou sabendo fazer o troco”, completa a aluna. 

EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

O projeto “Produto Inovador” foi desenvolvido pelos alunos do Ensino Fundamental II durante as aulas de Educação Tecnológica. Neste contexto, os alunos não apenas conceberam ideias, mas também deram vida a protótipos de produtos, todos voltados para a solução de problemas e a introdução de novos conceitos que têm o potencial de transformar e aprimorar a qualidade de vida dos consumidores. Este projeto abrangeu desde a criação da concepção inicial ao desenvolvimento do protótipo. 

A coordenadora do Ensino Fundamental II, Andréa Relva, conta como funcionou a organização e preparação para a feira. “O Fundamental II trabalhou junto com o professor de Educação Tecnológica, os alunos foram divididos em grupos do 6º ao 9º ano e criaram seus produtos inovadores. Então nós temos produtos de tudo quanto é tipo, que facilitam a vida das pessoas e está sendo um sucesso”.

O professor Luis Fernando Bueno Mauá, que leciona a disciplina de Educação Tecnológica, explica a exposição. “Os alunos estão expondo um produto inovador, então nós temos aqui robótica, informática, lógica, programação, realidade virtual e realidade aumentada e eles estão expondo as suas ideias e suas ferramentas. Está uma feira fantástica de empreendedorismo e inovação”.

Giullia Miranda, do 9º ano A, apresentou seu produto inovador na feira, o Super Control. “ Eu aposto que você já se viu em alguma situação em que foi viajar e não sabia se tinha deligado o gás, o ar-condicionado ou algo do tipo. O nosso Super Control propõe isso para você de forma bem simples, é só instalar o aplicativo e fazer login que suas preocupações vão embora”, explica a aluna sobre seu produto.

Para Cinthia Miranda, mãe da estudante, essa atividade é fundamental para as crianças e apoia a participação da filha desde pequena. “Ela estuda no Colégio Santa Cecília desde o maternal e, desde o começo, tem esse projeto. Eu acho superimportante para a desenvoltura dela e para desenvolver o espírito empreendedor. Ela gosta muito, quando era pequena ficava nas barraquinhas vendendo e o que sobrava ela saía correndo e oferecendo, então eu acho muito importante esse projeto para as crianças, pois assim aprendem a mexer com dinheiro e a vender”.