Unisanta participa do Pint of Science, evento mundial informal de ciência, nesta terça-feira, 21/5

38

De 20 a 22 de maio, cientistas de 24 países conversarão simultaneamente sobre ciência em estabelecimentos comerciais. Entre os participantes, estão as professoras Ursulla Pereira de Souza, coordenadora do Mestrado de Ecologia, e Emmanuelle Freitas, da Pós em Engenharia Mecânica.

Já pensou em ir a um estabelecimento (pizzaria, lanchonete ou bar), sentar junto com cientistas e ter uma boa conversa sobre ciências? Pois é isso que o Pint of Science – metaforicamente, podemos traduzir como algo do tipo ‘Um copo de Ciência’– propõe, conforme os organizadores. O evento mundial, que acontece simultaneamente em 24 países, tem como objetivo “derrubar intermediários entre o cientista e a sociedade, estabelecendo um canal direto de conversa”.

Diversas instituições nacionais participam do evento mundial.  A coordenadora do Mestrado em Ecologia da Unisanta, Ursulla Pereira Souza, estará entre elas. A docente vai participar do encontro “MCTIC: Mulheres na ciência, na tecnologia, na inovação e na comunicação”, nesta terça-feira (21/5), no Kokimbos Pizza & Picanha, às 19h.

Ursulla falará sobre suas pesquisas sobre “Conservação de riachos costeiros”.  E a docente Emmanuelle Freitas, da Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da instituição, conversará sobre “Os aços inoxidáveis resistem à salinidade do mar?”.

O Kokimbos Pizza & Picanha fica localizado na Rua da Paz, 61 – Boqueirão, Santos.

Pint of Science

De 20 a 22 de maio, 24 países estarão participando da 4º edição do Pint of Science, um festival mundial de ciências. No Brasil, 85 cidades, incluindo Santos, estão recebendo o evento.

O Pint of Science possui uma fórmula simples: você + bons cientistas + bar (ou outro estabelecimento), conforme os organizadores É uma conversa em que os pesquisadores contam o que fazem e o impacto na nossa vida. “A ciência é para todos nós e lugar de ciência é em todo lugar. Ciência gera conhecimento, tecnologia,  desenvolve aplicações a partir da ciência. A  inovação busca novas maneiras de aplicar a ciência e a comunicação para toda sociedade também é uma ciência”, explicam os promotores do Pint of Science.

Em Santos, o evento foi organizado no formato de bate-papo, onde serão abordados assuntos como energias renováveis, educação, alimentação, porto, oceanos, integração entre ciência, cidadania e arte. Em todas as noites do evento, uma temática especial: a liderança e experiência das mulheres na ciência, tecnologia, inovação e comunicações. Nos grupos das conversas estarão presentes pesquisadores, empreendedores e jornalistas. As pessoas poderão expor sua opinião, tirar suas dúvidas e aprender um pouco do que tem sido feito na ciência na nossa região.

O festival teve suas origens em 2012, quando os pesquisadores Michael Motskin e Praveen Paul, do Imperial College of London, organizaram o evento “Encontro com Pesquisadores” e convidaram pessoas com Alzheimer, Parkinson, doenças neuromusculares e esclerose múltipla para ver de perto a pesquisa que era feita nos laboratórios. Anos mais tarde, pesquisadores passaram a sair de Universidades e Institutos de Pesquisa para conversar diretamente com as pessoas.

O encontro começou na Inglaterra em 2013 e chegou ao Brasil em 2016. Em 2019 vão participar 87 municípios brasileiros.