Aplicativo que mede sentimentos, criado por equipe de aluno de Sistemas de Informação, vence desafio tecnológico

265

A Hackathon Desfio Startup Cidadã é uma maratona de 33 horas ininterruptas para o desenvolvimento de softwares e aplicativos com novas funcionalidades. Os trabalhos vencedores ficarão Incubados na Incubadora de Empresas da Fundação Parque Tecnológico de Santos e ganharam diversos prêmios.

Alunos de Universidade Santa Cecília (Unisanta) foram premiados, em 1º e 2º lugares no Hackathon Startup Cidadã 2018, maratona de 33 horas ininterruptas para o desenvolvimento de softwares com novas funcionalidades, aplicativos para smartphones, tablets, entre outros, para solucionar desafios da educação. Participaram 65 pessoas, divididas em 13 equipes. A atividade aconteceu nos dias 20 e 21/11.

Nathan Alves Pelicano, estudante do 1º ano matutino de Sistemas de Informação, é um dos integrantes da equipe vencedora. O grupo apresentou o Educ4Feel, aplicativo que mede o sentimentodo aluno em relação à vida, por meio de um totem com emojis (‘carinhas’ que refletem emoções) colocados dentro da escola. A partir do emoji que o aluno clicar, a escola e os responsáveis podem traçar ações para interagir com a criança ou adolescente. “Nossa missão, acima de tudo, é fazer o bem para as pessoas e para a educação”, destacou Nathan, de 19 anos.

Willian Inocêncio Alves da Silva e Vinícius Ferreira Dias, alunos do 2º ano noturno do Curso da Unisanta , integram o time que ficou com a segunda colocação, como o aplicativo Professor Presente, que busca otimizar o tempo do professor ao registrar as presenças dos estudantes e comunicar por SMS aos pais a ausência dos filhos.

 

Premiações – O júri selecionou os trabalhos conforme os critérios: adequação aos objetivos propostos, viabilidade de realização e impacto para a população e inovação. Os trabalhos premiados ficarão Incubados na Incubadora de Empresas da Fundação Parque Tecnológico de Santos. Os grupos vencedores ganharam premiações em dinheiro, créditos no IBM Cloud, Mentoria e desenho da arquitetura, bolsas de idiomas, entre outros.

Em 2017, o curso de Sistemas de Informação da Unisanta também se destacou na competição, com representantes na equipe vice-campeã (os ex-alunos Raphael Borges do Nascimento, formado em 2017 e Raphael Carvalho de Souza, formado em 2016).

Nível técnico – O organizador do evento, Marco Riveiros, presidente da Zero Treze, empresa do grupo Resolv, destacou o elevado nível técnico nesta edição do Hackathon. “Trouxemos comunidades tecnológicas de São Paulo que ficaram orientando os times, com mentorias de tecnologia, negócios e educação.

A iniciativa encerrou a 4ª edição da Semana Municipal da Ciência e da Tecnologia de Santos (15 a 21/10), que promoveu atividades de fomento, divulgação e popularização da ciência e da tecnologia em toda a região. O evento integrou a 15ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, sob o tema Ciência para a Redução das Desigualdades