Liga de Fisioterapia em Uroginecologia e Obstetrícia da Unisanta realiza ação de conscientização sobre o “Outubro Rosa”

57

A Liga Acadêmica de Fisioterapia em Uroginecologia e Obstetrícia da Universidade Santa Cecília – lafuo realizou, no dia 25 de outubro, ação de conscientização do “Outubro Rosa”, mês de conscientização sobre o câncer de mama. As integrantes da Liga organizaram um estande, no pátio da Unisanta, com o objetivo de alcançar o público presente e orientá-lo sobre a causa.

Além das atividades na Universidade, a Liga também realizou a ação com as servidoras mutuárias da Capep Santos, através de uma parceria com essa instituição. A ação aconteceu na Seduc e no Paço Municipal de Santos, onde as integrantes do grupo orientaram as funcionárias em relação ao autoexame e o diagnóstico precoce.

Uma das integrantes da Liga de Fisioterapia em Uroginecologia e Obstetrícia da Unisanta, Nicoli Nunes, aluna do 4º ano de Fisioterapia, falou sobre a importância da ação de conscientização e da realização do autoexame para prevenção da doença tanto para as mulheres quanto para os homens.

“É importante a gente entender o nosso corpo, saber como ele está e identificar o que não estiver normal, o quanto antes descobrir e fazer os exames é melhor, para não chegar no estágio avançado caso tenha algo. A gente também conscientiza os homens, porque o câncer de mama pode acontecer com eles. Por isso, tanto a mulher quanto o homem têm que ter esse hábito de se conhecer para poder estar tendo essa prevenção”, relata a estudante.

”O autoexame serve basicamente para a gente ter esse autoconhecimento e também para identificar o quanto antes o problema, tratando o mais rápido possível. A gente tenta conscientizar as pessoas para isso, para elas terem essa noção”, completa Nicoli.

Segundo a Prof.ª Alessandra Loureiro, coordenadora da Liga, ações como essas são de suma importância também para a questão do aprendizado acadêmico das alunas participantes, permitindo a vantagem de lidar com a população de uma forma diferente de se comunicar e de pensar em outras estratégias de promoção de saúde que vão além da sala de aula.