Pedro Paulo e Pedro Padula, estudantes do Colégio Santa Cecília, são entrevistados sobre a vitória na Copa TV Tribuna de Futebol Escolar

54

Os meninos fazem parte do time sub-12 do Santos Futebol Clube que, no início do mês, integraram o time vencedor da Copa TV Tribuna de Futsal Escolar. Trecho da matéria: ‘… tabelando nas quadras, nos campos e no sétimo ano do Colégio Santa Cecília … os Pedros, o Pepê e Padula pretendem fazer história’.

Os caminhos traçados na vida esportiva dos alunos do sétimo ano do Colégio Santa Cecília, Pedro Paulo e Pedro Padula, foram abordados em matéria do jornal A Tribuna de segunda-feira (17/6).

O texto, de meia página, do Caderno Esportes, relatou alguns momentos passados pelos jogadores até chegarem às equipes de futsal e sub-12 do Santos Futebol Clube. O catarinense Pedro Paulo, conhecido como Pepê, é atacante, assim como o Pedro Padula, que gosta de ser chamado apenas de Padula.

Segundo a matéria, após se destacar em um campeonato sul-americano, Pepê foi convidado para fazer testes no Flamengo. Após aprovado, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro. Porém, o jogador e seu pai foram vítimas de assalto e, quando decidiram mudar de cidade, encontraram Santos. “Aqui é mais calmo, já estou ambientado à Cidade”, comenta Pepê ao jornal.

Já Padula jogou futsal no Palmeiras e em seguida, no Corinthians, quando saiu em 2017 e foi para o Santos. “Acho que aqui revela mais jogadores. Quando fiz o teste gostei do lugar, dos amigos. Me inspiro no Pelé, pela carreira, por tudo o que ele fez, e no Ronaldo Fenômeno”.

No peixe, o atleta já teve oportunidade de conhecer velhos e novos ídolos, como Lima, Giovanni e Rodrygo. Perguntado pelo jornal sobre o futuro do jogador no Real Madrid, Pepê comenta que é ‘só continuar com humildade e foco que ele chega lá’.

Na equipe sub-12 do Santos, Pepê é centroavante e, segundo o texto, é o parceiro ideal de Padula, típico atacante que joga pelas beiradas. “Gosto de ir para cima, pela esquerda, para cortar pro meio e bater. A minha direita é mais potente”, comenta.

No final, o repórter comenta; ‘… tabelando nas quadras, nos campos e no sétimo ano do Colégio Santa Cecília, que os Pedros, o Pepê e Padula, pretendem fazer história’.