Mestre em Engenharia Mecânica pela Unisanta, Paulo é aprovado em 3 concursos e se torna diretor de universidade pública

364

Após a aprovação, em primeiro lugar, em dois concursos para docência, o ex-aluno concorreu em processo eleitoral e foi nomeado diretor do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Maranhão

“A Unisanta tem uma estrutura espetacular, o mestrado em Engenharia Mecânica conta com laboratórios superequipados, excelentes professores e compromisso com o aprendizado dos alunos”. É assim que Paulo Roberto Flexa Ribeiro Filho, mestre em Engenharia Mecânica pela Unisanta, define o curso em que se formou em 2014.

Natural de São Luiz do Maranhão, Paulo Roberto conheceu a Universidade Santa Cecília depois de uma longa pesquisa na internet, buscou indicadores de qualidade da instituição no site da CAPES, MEC e constatou ótimos resultados.

“Eu morava em São Luís do Maranhão, mas, como as aulas do mestrado eram concentradas na sexta-feira e sábado, passava de segunda a quinta em São Luís e viajava para Santos na quinta à noite para assistir às aulas aos finais de semana. Ao todo durante o mestrado, foram 52 viagens que valeram muito a pena, pois obtive meu tão sonhado título de mestre”.

Depois de formado, o engenheiro voltou a São Luís, onde prestou concurso para IFMA (Instituto Federal do Maranhão), que tinha como exigência mínima graduação e mestrado em Engenharia Mecânica. Foram 19 candidatos para 1 vaga. “Estava muito preparado e obtive aprovação em primeiro lugar. Assumi o cargo em novembro de 2015”.

Paralelamente, Paulo Roberto também prestou concurso para o Departamento de Engenharia Mecânica e Produção – área de Térmicas e Fluidos da Universidade Estadual do Maranhão. Eram 5 candidatos concorrendo a uma vaga, e o ex-aluno da Unisanta novamente conseguiu a primeira colocação e a tão sonhada oportunidade.

“Assumi no dia 28 de abril de 2016 e no final do mesmo ano, já concorri, em processo eleitoral, à vaga de diretor do curso de engenharia mecânica. Fui eleito e nomeado diretor em janeiro de 2017.”

Para o engenheiro, o mestrado em Engenharia Mecânica cursado na Universidade Santa Cecília foi fundamental para seu currículo, pois sem ele nunca conseguiria ingressar na carreira docente. “Comecei a minha carreira profissional como Engenheiro de Manutenção na ALCOA, porém tinha um sonho muito grande de tornar-me docente, mas não possuía mestrado e a Unisanta foi a escolha certa para decolar nesta nova carreira”. Sobre dar continuidade aos estudos, ele é enfático. “Pretendo, sim, continuar estudando, quero agora fazer o doutorado”.

Dissertação – Com o tema “Desenvolvimento de uma Unidade Experimental para Estudo Tribológico de Desgaste de Contato Lubrificado por Gotejamento de Óleos Vegetais”, o estudo de mestrado de Paulo foi embasado em dois óleos de origem vegetal que existem em ambundância no seu estado natal (Maranhão). A dissertação avaliou a lubricidade (capacidade de lubrificar) destes óleos através de caracterização física e tribológica (estudo do atrito entre superfícies). “O estudo tem muita relação com minha cidade, por identificar potencial de utilização de um óleo biodegradável e renovável para atividade de lubrificação industrial”.

O ex-aluno faz questão de agradecer aos docentes que, ao longo dos dois anos do curso, o ajudaram a concluir esta meta. “O Dr. Aldo Ramos Santos, que na época era o coordenador do programa, me recebeu super bem, além de prestar todos os esclarecimentos necessários, sempre com a maior educação do mundo e simpatia. Também não posso deixar de citar o professor Deovaldo de Moraes Junior, que foi meu orientador, um exemplo de professor e que me auxiliou muito para elaboração da minha dissertação. Além da professora Marlene Silva, outra professora sensacional. Poderia citar inúmeros outros professores / funcionários como Marcos Tadeu, Morilla e as secretárias Sandra e Imaculada. Na realidade a Unisanta só tem profissionais nota 10.”