Cruz Vermelha Santos ganha novas instalações na Unisanta

387

As ações da Unisanta, em parceria com a Cruz Vermelha, filial Santos, começaram há 21 anos com a participação da  Faculdade de Fisioterapia. A nova sede   recebeu o nome da dra. Caroline Teixeira, diretora de Saúde.  

No Dia Internacional da Cruz Vermelha (8/5), a Universidade Santa Cecília (Unisanta) e a Cruz Vermelha Brasileira – Filial Santos inauguraram as novas instalações da Sede Administrativa da instituição de ajuda humanitária, no 6º andar do Bloco E da Universidade, na Rua Cesário Mota, 8.

A programação começou  com o descerramento da placa de inauguração da Sede Administrativa, que agora leva o nome da dra.  Caroline Simões Teixeira, Diretora de Saúde da Unisanta. “Foi uma emoção enorme receber este convite e dar o nome a esta sala. Estou muito feliz por fazer parte deste momento histórico”, afirmou Caroline.

A diretora lembrou ainda que a parceira da Unisanta com a Cruz Vermelha não é recente. “O Dr. Ivan Cheida, diretor da Faculdade de Fisioterapia da Unisanta, iniciou essa bela história há 21 anos, que temos o prazer de dar continuidade. Ao longo destes período,  já desenvolvemos diversas ação como: a preparação dos voluntários da Entidade com cursos de primeiros socorros, além da participação em cursos de reanimação cardiopulmonar”.

“É  com imensa  gratidão que, depois desta longa caminhada, hoje reafirmamos a construção desta história em conjunto com a Universidade Santa Cecília. Agradeço à dra. Caroline Teixeira pelo empenho que hoje torna muito mais facilitado nosso trabalho”, disse o presidente da Cruz Vermelha –Santos, Reinaldo Coelho.

Homenagem

Ainda como parte das comemorações da noite, foi realizada uma homenagem ao Pró-Reitor Administrativo da Unisanta, Dr. Marcelo Teixeira, com a  Comenda Centenário da Cruz Vermelha Brasileira – Filial Santos entregue pelo voluntário Renato Flor Battan.  Renato foi aluno do Colégio Santa Cecília, do Curso de Direito da Unisanta e também atleta da equipe de natação da Universidade.

“O reconhecimento desta comenda é estendido a todos aqueles que fazem parte deste trabalho. Me orgulha ver a nossa Universidade envolvida nestes projetos, fundamentais para o crescimento do homem”, afirmou Marcelo.

Para o pró-reitor da Unisanta, o mais importante sempre é anonimamente tentarmos fazer o máximo em prol do próximo e retribuir a Deus aquilo que ele nos dá. “Fico muito feliz de receber o mesmo reconhecimento que meu pai Milton Teixeira recebeu há muitos anos”.

Marcelo disse ainda que a Universidade já é sede de outras entidades como a Academia Santista de Letras. “Trabalhamos em várias frentes: da solidariedade, de preservação da cultura e incentivo do saber. A Unisanta é uma instituição de ensino nascida em um porão na Rua Rodrigues Alves, há mais de 55 anos, que hoje se tornou um complexo educacional que abre suas portas a entidades tão importantes que servem de referência para todos nós, como a Cruz Vermelha”, completou.

De acordo com a presidente da Unisanta, profª. drª. Lúcia Teixeira, a Universidade Santa Cecília e a Cruz Vermelha possuem ideais conjuntos em muitas frentes. “Desde 1997 realizamos inúmeras atividades que levam conforto, físico e espiritual, aos que mais necessitam, através de campanhas de prevenção à hipertensão arterial, saúde do homem,  osteoporose, cadastro de doadores de medula, arrecadação de agasalhos e leite em pó para doação,  entre outras”.

A presidente relembrou ainda, durante a cerimônia, que 2014 a entidade escolheu a Unisanta para instalar um mural comemorativo na Clínica de Fisioterapia. No local estão expostos três quadros com retratos do médico Osvaldo Gonçalves Cruz, do fundador da Cruz Vermelha, Jean Henri Dunnant e da princesa de Gales, Diana Frances Spencer. Os quadros retratam personalidades que se destacaram pela dedicação a causas em benefício do homem.

Já a profa. dra. Sílvia Angela Teixeira Penteado, reitora da Unisanta, destacou o início das atividades da Cruz Vermelha Brasileira, em 1907, e seu primeiro presidente, o sanitarista Oswaldo Cruz. ” Não é por acaso que a estamos localizados na Rua que leva o seu nome. O que me faz ter certeza que a história destas duas instituições de bem estão entrelaçadas”, concluiu a reitora.

Na sequência,  as psicólogas Claudia Chrystina Kozemekin Kato Cordeiro da Luz e Grasiela Eismann Neis ministraram a palestra Conscientização sobre a Prevenção do Suicídio.