Recém-formado no curso de Farmácia na Unisanta, Iago Victor Rodrigues da Silva, fará mestrado em Biologia Molecular

517

O ex-aluno foi um dos candidatos selecionados por orientadores para ingressar no mestrado em Biologia Molecular da Unifesp.

Alunos formados pela Universidade Santa Cecília (Unisanta) têm muitas chances de ter sucesso durante a vida profissional, pela estrutura educacional que a Universidade dispõe aos estudantes. Uma prova disso é Iago Victor Rodrigues da Silva, formado em 2017, que, graças à base recebida no curso e a seu esforço e dedicação, passou na prova de Mestrado no programa de Biologia Molecular da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

“Eu decidi cursar Farmácia na Unisanta, pois é um curso bem conceituado e com muitos programas de pesquisa para os alunos, sendo este um grande diferencial para o curso,  comparado a outros da região”, comenta.

O mestrado na Unifesp é a primeira Pós – Graduação do profissional. O ingresso no curso não requereu exame. Os candidatos são selecionados por professores orientadores após um estágio probatório realizado em laboratório. O ex- aluno, para garantir a bolsa de estudos, precisou fazer um exame com 25 questões que englobou Biologia Molecular, Bioquímica, Química orgânica e Físico- Química.

Durante os cinco anos de faculdade, Iago aproveitou as oportunidades que surgiam para os acadêmicos, tanto em relação a estágios na área quanto a trabalhos dentro da Universidade. “Fui estagiário na Prefeitura Municipal do Guarujá durante dois anos, e aluno bolsista de Iniciação científica na Unisanta durante os cinco anos de faculdade, onde realizei vários projetos de pesquisa”. Dois desses trabalhos lhe garantiram os prêmios de Iniciação Científica Dr. Milton Teixeira, de melhores trabalhos, no Congresso Brasileiro de Iniciação Científica (COBRIC) realizados na instituição.

Muitos professores ao longo do curso auxiliaram o profissional na jornada científica em que estava trilhando. Seus orientadores foram a professora dra. Luciana Guimarães e o professor dr. Walber Toma. “Eles me ensinaram muito durante essa fase, realizei muitos projetos de pesquisa com eles e a Universidade sempre apoiou com a compra dos materiais necessários, com um laboratório de química muito bem organizado e a bolsa, que ajudou bastante!”, diz o ex- aluno.

Após concluir o mestrado, Iago pretende fazer doutorado e também está em seus planos continuar os estudos com um pós – doutorado.