Unisanta envia a 22ª turma de alunos de Engenharia para intercâmbio exclusivo na França

606

Há mais de 20 anos a Unisanta realiza o intercâmbio exclusivo com o INSA.

Quinta-feira à noite, dia 8/06, alunos e professores de Engenharia da Universidade Santa Cecília (Unisanta) estiveram reunidos com a Alta Direção da instituição para as últimas orientações antes do embarque para a Europa, onde os universitários participam, de 25/6 a 4/7, de intercâmbio internacional exclusivo em um dos mais importantes centros de pesquisa em microeletrônica do mundo, o Instituto Nacional de Ciências Aplicadas de Toulouse (INSA), na França.

Na oportunidade, os estudantes irão estudar e desenvolver as tecnologias da microeletrônica para a fabricação das células fotovoltaicas usando o silício mono-cristalino. Antes da viagem, os alunos participam de um período preparatório na Unisanta. “Para este propósito, eles tiveram aulas aos sábados, em horário extracurricular, desde o mês de agosto, para o aprendizado das técnicas que envolvem a micronano eletrônica”, explicou o idealizador do projeto pela Unisanta, professor Djalmir Mendes.

O intercâmbio também terá caráter social, pois no roteiro estão incluídas visitas a museus, pontos históricos e culturais da França.

Carreira – Ao participar do intercâmbio, o universitário passa a contar com um grande diferencial em seu currículo. “O conhecimento adquirido na França abre portas para que os alunos conquistem vaga em concorridas instituições estaduais e federais do Brasil e também no exterior em nível de mestrado e doutorado”, afirma o professor.

De acordo com o professor, “o intercâmbio entre o AIME e a Unisanta permite que alunos de graduação de Engenharia possam ter acesso a uma tecnologia de ponta que, no Brasil, dificilmente poderiam encontrar em cursos em nível de graduação”, acrescenta.

O aluno Jonhnatas Bueno de Souza Lima, que nunca viajou para fora do país, falou sobre a expectativa dessa nova oportunidade. “Eu espero uma grande experiência com esse intercâmbio. O professor deu várias aulas do que faremos lá e comentou que os franceses são bem receptivos”.

Para Maria Laura Patella Couto, o intercâmbio tem sido um sonho.

“Estou super animada. Tive a oportunidade de ir para Portugal da última vez e agora para Toulouse, que tem uma sala limpa e sempre quis conhecer. Achei superinteressante os treinamentos do professor aqui porque a gente já vai chegar lá sabendo como proceder e como mexer nas máquinas”, afirmou.

A 22ª turma do intercâmbio de Toulouse é formada pelos professores Djalmir Correa Mendes e Katya Lais Ferreira Patella Couto, além dos alunos André Luis Augusto Ferreira, Eduardo de Almeida, Gustavo Pereira Bertolasio, Fabrício Carvalho de Lucena, Guilherme Eduardo Silva Magalhães, Maria Laura Patella Couto, Raquel Lima Schroeder de Souza e Jonhnatas Bueno de Souza Lima.