Estudantes de Arquitetura e Urbanismo expõem resultados de pesquisa feita na cidade de Gonçalves, MG

86

O levantamento de informações foi a primeira etapa de projeto para as melhorias da cidade

Um grupo de dez estudantes do curso de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Santa Cecília (Unisanta) foram até o município de Gonçalves, Minas Gerais, coletar informações sobre a cidade para o desenvolvimento de trabalhos, que visa à melhoria do local.

Com a coordenação do professor Fábio Henrique Bei, que mora na cidade localizada a 280 km de Santos, e demais professores, os alunos passaram três dias no local para fazer estudos sobre a área urbana.

“Existia uma necessidade muito forte da própria cidade em desenvolver esse trabalho. Ela está virando muito turística, mas o centro ainda continua com aquela característica rural”, explica o professor Bei,  sobre a pequena cidade que está recebendo gente de todo país para conhecer a cultura local.

O resultado dos estudos foi apresentado para os demais alunos do curso, no Consistório da Universidade, nesta sexta-feira (6/4), pelos próprios acadêmicos que viajaram.

Abordando as características da cidade, os alunos demonstraram, através de imagens e dados os reais, os  problemas que foram discutidos com a prefeitura e os que encontraram no período em que estiveram lá. Algumas necessidades  do município foram: ruas estreitas, as árvores na calçada atrapalhando a passagem, os problemas de ocupação e alcance do solo, a questão da drenagem da água, quando ocorre chuva na cidade, entre outros. Por esses motivos, os alunos terão que realizar trabalhos que ajudem a fazer um planejamento de melhoria para Gonçalves.

“A gente percebeu que a cidade tem bastantes necessidades, porque há um centro pequeno e uma área urbana muito grande. Ela foi crescendo de uma forma desenfreada e as pessoas perceberam que foi virando uma cidade turística e precisava de um planejamento maior”, comenta Bruna Santos Alves, aluna do quinto semestre de Arquitetura e Urbanismo.

O estudante Lucas Teixeira  disse que das pessoas que vivem no local, a maioria veio de fora e continuou morando na cidade pela sua beleza. “Lá é exuberante,  é algo que dificilmente se encontra em outros lugares, todo mundo se conhece”,  explica.

Problemas encontrados

O município de Minas Gerais está com uma situação atípica entre tempo e clima, então o projeto dos alunos será um sombreamento que ajude na área urbana, feito com as plantas nativas e adequadas que se encontram no município.

Utilizando-se  dos ensinamentos que recebe nas aulas do curso, entre elas, a de Paisagismo, os alunos têm como objetivo transformar a teoria em prática, planejando trabalhos que se concluam em curtos, médios e longos prazos.

A oportunidade de levar esses estudantes a Minas Gerais é resultado de uma parceria entre a Universidade Santa Cecília (Unisanta) e a Prefeitura de Gonçalves, que visa ao bem estar da população, levando um projeto pioneiro para o local.

“Esses alunos voluntários e pioneiros, assim como a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, estão  sempre está à frente de projetos pioneiros. A Unisanta e eu apoiamos este projeto, e que dê mais frutos do que já está dando”, comenta a Dra. Lúcia Teixeira, Presidente da Universidade.

Todos os estudantes que participaram dessa viagem  voltaram com outros pensamentos sobre a pequena cidade de Gonçalves e cheios de ideias para fazer as mudanças necessárias que a população merece. “A maior experiência  de ter ido lá, é ter lidado com o ser humano que vai morar na cidade”, afirma Bruna Alves.