Currículo bem preparado pode abrir portas do mercado de trabalho, ensina o Núcleo de Desenvolvimento de Carreiras

32

A palestra desta quarta-feira (12/4) do Núcleo de Desenvolvimento de Carreiras (NDC) foi feita aos alunos de Engenharia Química da Unisanta. Haverá outros encontros para os demais cursos da Instituição.

Na manhã desta quinta-feira, 12/4, futuros engenheiros químicos receberam,  em sala de aula, um grupo do Núcleo de Desenvolvimento de Carreiras (NDC), para uma palestra sobre como um currículo bem preparado pode abrir caminhos no mercado de trabalho.

Participaram a coordenadora do NDC, Profª Drª  Maria Cristina Pereira Matos, Pós-Doutora em Recursos Humanos pela USP e com larga experiência no mundo acadêmico e na orientação a empresas;  o psicólogo Aurélio Moschin, professor especialista da Pós-Graduação da Unisanta em Metodologia de Pesquisa e Trabalhos Científicos e Recursos Humanos e a Prof.ª Ms. Tânia Cristina dos Santos Guedes Pinto, docente da graduação e de Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. Os três  deram dicas preciosas para a construção de um currículo eficaz.

“O currículo tem que ser música para a empresa, tem que conter dados pessoais, o objetivo, formação acadêmica, qualificações, resultados, cursos extracurriculares, entre outras coisas”,  comenta Profª Dr. Maria Cristina Pereira Matos.

Durante o encontro, os professores desconstruíram o formato do currículo para explicar o que se deve colocar em cada tópico, para que as empresas possam analisar de forma mais clara e objetiva a escolha do candidato.

O documento deve ser composto pelos objetivos do candidato, direcionando em qual área pretende atuar; suas qualificações, como experiências profissionais, vivências, conhecimento de informática, competências comportamentais e pessoais; resultados, relatar o resultado que seu trabalho trouxe para a empresa; na formação acadêmica se deve colocar o ano em que está na faculdade e cursos extracurriculares, que são os demais tipos de cursos considerados de extensão universitária.

A coordenadora afirma que,  para fazer um bom currículo, o candidato tem que saber o tipo de empresa  e quais são seus segmentos,  antes de enviar o dcumento. “Assim, tem como potencializar as informações a  seu favor, porque se colocar dados que não atraiam a empresa, o currículo pode ser descartado”,  finaliza.