Uma pequena escola primária se transforma no Complexo Educacional Santa Cecília, com 16 mil alunos. Veja a história e alguns dos diferenciais da Unisanta, uma das melhores universidades do País.

Quem conhece o começo modesto do Complexo Educacional Santa Cecília não se cansa de admirar as conquistas e transformações ali semeadas e consolidadas nas áreas da educação, da cidadania, do esporte, da responsabilidade social e do empreendedorismo.

Em 1961, a escola primária, com apenas 26 alunos, em um bairro operário do Macuco, foi comprada pela Família Teixeira. Nilza e Milton Teixeira, o casal fundador, vendeu a única casa da família, em que residiam, para comprar a escolinha primária, em 1961. Assim, o Colégio Santa Cecília, fundado em 16 de maio de 1932, foi a semente do Instituto Superior de Educação Santa Cecília – ISESC.

O Colégio passou a ser mantido pela Associação Educacional Santa Cecília, dirigida pelos fundadores, Nilza e o saudoso Milton Teixeira, e a professora Emília Teixeira.  O local de apenas 200 metros quadrados, então no Macuco, deu origem ao Complexo Educacional Santa Cecília, hoje com cerca de 17 mil, da educação infantil aos mestrados.

Pioneirismo: engenharia à noite

O ISESC, atendendo aos apelos das indústrias que necessitavam de um profissional com conhecimentos especiais que pudessem fazer frente ao ciclo de desenvolvimento industrial do País, cria, em Santos, a sua primeira Faculdade – a Faculdade de Engenharia de Operação, modalidades Química, Mecânica e Elétrica (Eletrônica e Eletrotécnica), em 1971. A ideia era preparar seus alunos trabalhadores, que não podiam estudar durante o dia, tornando-os capazes e críticos, com suportes científico, técnico e social, necessários à expansão industrial.

O primeiro curso de pós-graduação lato sensu foi o de Engenharia de Segurança do Trabalho. Seguiram-se a Faculdade de Artes Plásticas (1973), o curso de Ciências, habilitação de 1º grau (atual Ensino Fundamental) e plenas em Matemática, Física, Química (1975).

Em 1976, a Faculdade de Engenharia Civil atenderia inicialmente o maior porto da América do Sul, o de Santos, e o crescimento imobiliário da região.   Com a extinção dos cursos de Engenharia de Operação em âmbito nacional, o ISESC participou dos estudos da Comissão Nacional de Especialistas em Engenharia e efetuou a conversão dos referidos cursos em Engenharia Industrial Elétrica e Engenharia Industrial Mecânica, a partir do ano de 1978.

Em 1980, foi criado o Instituto de Pesquisas Tecnológicas Santa Cecília, com a finalidade de realizar ensaios, pesquisas, elaborar estudos e projetos, oferecer consultoria, assistência e assessoria a órgãos governamentais ou não, treinamento de pessoal e intercâmbio técnico e científico com entidades congêneres do País e do exterior.

Reconhecimento da Universidade

A Instituição adquire sua forma de Universidade em 1986, quando do reconhecimento pelo então Egrégio Conselho Nacional de Educação, conforme Portaria nº 420, de 11/06/86. Segue-se a mudança nominal da instituição transformada agora em Universidade Santa Cecília (Unisanta), conforme Portaria nº 150, de 16/02/96, publicada no D.O.U. de 23/02/96.

O processo de autoavaliação na Unisanta tem sido uma preocupação constante.  Com a criação do SINAES – Sistema de Avaliação de Educação Superior pelo Ministério da Educação, a Unisanta constituiu e cadastrou junto ao INEP a Comissão Própria de Avaliação – CPA, a qual tem a função de coordenar e articular o processo interno de avaliação, dando continuidade ao processo avaliativo implantado.

O Instituto Superior de Educação Santa Cecília (ISESC) foi criado em 15 de outubro de 1969. É dirigido pelos filhos de Milton e Nilza, a reitora Sílvia Teixeira Penteado, a presidente Lúcia Maria Teixeira e o pró-reitor Marcelo Teixeira, com ajuda dos filhos de Sílvia e Antônio Penteado, Marcus Teixeira, diretor de Marketing, Renata Teixeira Penteado Saorini, Programas de Desenvolvimento da Unisanta, e pelos filhos de Marcelo e Valéria Simões Teixeira, Caroline Teixeira, diretora de Saúde, e Marcelo Teixeira Filho, diretor Administrativo. O jovem Lucas Teixeira, filho de Lúcia, é estudante universitário.

A melhor da região e uma das melhores do País

Incluída no seleto Grupo de Excelência de Instituições de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), a Unisanta reafirma todos os anos a qualidade de seu projeto pedagógico de graduação e de pós-graduação, de sua infraestrutura e do desempenho brilhante de seus professores, alunos, ex-alunos e pesquisadores.

Esse desempenho é atestado em congressos científicos e no mercado de trabalho, inclusive no exterior.

Ranking Universitário Folha de S. Paulo

É a melhor instituição particular de Santos no ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) e uma das melhores do País, considerando instituições regionais, sem outras sedes na Capital, interior e/ou em outros estados brasileiros. Entre 196 universidades avaliadas, a Unisanta está em primeiro no ranking geral de instituições particulares da Região, com seis posições acima da segunda colocada e 22 posições à frente da terceira.

No item Ensino, a Universidade Santa Cecília também está em primeiro na Região, com 32 colocações acima da segunda colocada, e registrou 71 posições a mais do que a terceira. Aspectos ligados ao corpo docente da Instituição, como dedicação em carga horária e titulação (Censo 2016), foram analisados no quesito Ensino. Também foi considerada a opinião de docentes sobre as instituições em pesquisa do Datafolha e a nota média dos alunos do Enade.

Em matéria de Pesquisa, a Unisanta ficou em primeiro, com 11 posições acima da segunda colocada e 16 posições acima da terceira. Para compor a nota, foram avaliados: o número de trabalhos acadêmicos publicados (artigos científicos em revistas internacionais e nacionais e teses), impacto desses trabalhos (medido pela quantidade de citações em outros estudos), recursos arrecadados para a pesquisa, bolsistas CNPq e número de teses defendidas por docentes.

No indicador Internacionalização, a diferença é ainda maior. A Unisanta se mantém em primeiro com 29 colocações acima da segunda e registra 32 colocações a mais que a terceira. O item avalia a média de citações internacionais pelos trabalhos dos docentes e o percentual de publicações em parceria com pesquisadores estrangeiros.

A Universidade Santa Cecília também obteve ótimo desempenho dos quesitos Inovação, que registra o número de patentes pedidas pela universidade e a quantidade de estudos em parceria com o setor produtivo, e Mercado de Trabalho, que considera a opinião de empregadores sobre contratações.

Mídia noticia qualidade da Unisanta

A Unisanta está entre as melhores universidades particulares do Brasil, segundo matéria divulgada pela revista Exame. A instituição integra o ranking das universidades privadas ou sem fins lucrativos que conseguiram o Índice Geral de Cursos (IGC) na faixa 4 e 5, divulgado pelo MEC, e considerado excelente.

O IGC atribuído pelo MEC à Unisanta foi 4. O IGC considera a qualidade dos cursos de graduação e de pós-graduação, a infraestrutura e o percentual de professores com doutorado e os serviços prestados ao alunado.

67 estrelas no Guia do Estudante

No total, a Unisanta recebeu 67 estrelas em uma das últimas avaliações do Guia do Estudante da Abril, sendo 7 cursos com 4 estrelas e 13 cursos com 3.

 Qualidade de vida

 O Campus da Unisanta está instalado na Rua Oswaldo C

ruz, 270, a poucos metros da praia do Boqueirão, um dos bairros mais valorizados de Santos. Os cursos da Universidade recebem muitos estudantes de outras cidades brasileiras, atraídos pelos diferenciais da Universidade e também pela qualidade de vida de Santos.

Outros destaques da Unisanta

Intercâmbios e parcerias

*Universidades chinesas têm visitado a Unisanta para assinatura de parcerias. A instituição mantém um Acordo de Cooperação com a Universidade Tecnológica de Ningbo desde 2010;

*Outra parceria é com a Huazhong University (HUST), uma das maiores do mundo, sobre bagaço da cana-de-açúcar como fonte de energia limpa;

*Alto índice de empregabilidade e destaques de diplomados, no Brasil e no exterior;

*Prêmios de alunos e professores em congressos

científicos e propostas de desafios de inovação promovidos por indústrias;

* Convênios internacionais e intercâmbios exclusivos;

*Núcleo de Gestão e Desenvolvimento de Carreira prepara gratuitamente os alunos e ex-alunos;

*Educação aliada ao esporte, com alunos cam

peões no Brasil e no exterior;

*Incluída no seleto Grupo de Excelência de Instituições de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC);

* Parceria com mais de 3.500 empresas;

* Convênios internacionais e intercâmbios exclusivos;

Região estratégica

A Unisanta articula-se com a região fabril do ABCD e a Grande São Paulo em perfeito sincronismo e tem atraído alunos e pesquisadores de outras cidades brasileiras.

Além da qualidade de vida da região, a Unisanta está localizada na Baixada Santista, região de fundamental importância econômica e estratégica para o País. Abrange o porto de Santos, principal complexo portuário da América Latina, o polo industrial de Cubatão e cidades turísticas de grande relevância, como Santos, São Vicente, Bertioga e Praia Grande.

O Campus da Unisanta se estende hoje por cinco blocos de edifícios com fachadas para as avenidas Conselheiro Nébias e Washington Luís, ruas Oswaldo Cruz (onde estão as portarias principais) e Cesário Mota.  Além de anexos menores, em ruas próximas.

Responsabilidade Social

Outro fator do prestígio da Unisanta é devido ao atendimento gratuito em clínicas, escritórios de engenharia e arquitetura na área jurídica, na comunicação, cursos diversos, cessão de auditórios, ginásios esportivos, piscinas, bibliotecas e atividades culturais. São cerca de 2,8 milhões de atendimentos, com mais de 130 mil horas de dedicação, de alunos e professores, com trabalhos em prol da comunidade.