Fala poética de Lúcia Teixeira emociona, em palestra comemorativa ao Mês da Mulher

57

A presidente da Universidade Santa Cecília  (Unisanta), dra. Lúcia Teixeira, prestou homenagem ao Mês da Mulher na noite de quarta-feira (21/03), no Consistório da Universidade, destacando a  importância da presença feminina para  a sociedade e a família, ao longo dos anos.

Lembrou que o Dia Internacional da Mulher é associado ao incêndio ocorrido em 25 de março de 1911, em fábrica têxtil de Nova York (EUA), no qual cento e vinte e nove operárias   morreram queimadas, devido às péssimas condições de segurança. Trabalhavam 16 horas por dia. Citou que antes dessa data, na Europa e nos Estados Unidos, as mulheres já reivindicavam melhores condições de trabalho e o fim do trabalho infantil, comum nas fábricas na época.

Lúcia Teixeira relembrou outras lutas e conquistas femininas, e que a violência contra a mulher ainda acontece absurdamente, sendo 70% em crianças e adolescentes.

Acrescentou que, apesar das mulheres serem a maioria da população (para cada cinquenta e duas mulheres há quarenta e oito homens), a porcentagem na política e na cúpula das companhias ainda é pequena.

Terminou sua fala com expressões poéticas para lembrar que a vida é um desafio, é luta, em que há momentos difíceis, tristes, mas que é preciso enfrentar essas fases, tornar os sonhos realidade, vencer os medos, ter esperança, acreditar nos valores humanos e na superação dos erros do presente; e perdoar a quem nos fere, pois quem não perdoa “destrói uma ponte”. Foi aplaudida de pé.

A palestra de Lúcia, intitulada “Mulher, Celebração da Vida”, fez parte da série de eventos em comemoração ao Mês da Mulher, promovida pela Prefeitura de Santos e pelo Movimento de Arregimentação Feminina (MAF) de Santos.

Confira as fotos: