Documentário “Vida em Movimento”, do professor de Jornalismo Eduardo Rajabally, terá pré-estreia nesta segunda-feira (25)

118

O filme, que aborda como a sociedade enfrenta o sedentarismo, terá uma pré-estreia para convidados e depois será apresentado em diversas salas de cinema do país. O programa Fantástico, da TV Globo, exibirá o trabalho em três capítulos. 

Nesta segunda-feira (25), acontecerá a pré-estreia do documentário “Vida em Movimento”, dirigido pelo professor de Jornalismo da Unisanta, Eduardo Rajabally. O evento acontecerá no Cinemark do Shopping Iguatemi, na cidade de São Paulo. A produção fala sobre o estilo de vida pós-moderno adotado por diferentes sociedades ao redor do mundo e foi idealizado por Márcio Atalia, preparador físico e pós-graduado em nutrição.

“Vida em Movimento” terá nesta segunda-feira (25) uma pré-estreia para convidados e em seguida será exibido em diversas salas de cinema pelo Brasil. O programa “Fantástico”, da TV Globo, exibirá o trabalho em formato de série, com três capítulos. O documentário aborda como a sociedade enfrenta o sedentarismo, que se tornou uma epidemia que ganhou força nos últimos tempos devido ao estilo de vida adotado pelas populações, especialmente nas cidades grandes.

A estreia do documentário foi noticiada pelo site de notícias Boqnews. De acordo com Eduardo Rajabally, em declaração ao mesmo site, a ideia do projeto foi proposta por Márcio Atalia em 2016. Da criação do projeto até o produto final foram 19 meses. A equipe visitou os Estados Unidos (Boston e Nova Iorque), Dinamarca, Finlândia, Coréia do Sul, além de São Paulo e Rio de Janeiro. “O resultado da experiência frisa que lugares diferentes têm problemas e soluções distintos”, conta Rajabally.

O professor de Jornalismo da Unisanta declara também que o problema do sedentarismo é o problema do nosso estilo de vida pós-moderna. “O estilo de vida nas grandes cidades mundiais é um pouco similar. É um estilo de vida, em que a falta de atividade físicaa acaba trazendo complicações, que contribuem para o surgimento de doenças crônicas como diabetes, problemas cardíacos e até câncer.

Não é que a falta de exercícios seja a causa das doenças, mas sim que a atividade física pode ajudar no tratamento e na prevenção das enfermidades citadas anteriormente”, diz Eduardo Rajabally.

Por fim, o diretor de Vida em Movimento conta que cada localidade do mundo tem suas particularidades e apresentam problemas e desafios diferentes. “Cada lugar passa por uma situação diferente quanto ao sedentarismo, seja por questões históricas, culturais, geográficas ou climáticas. Há lugares onde as pessoas andam mais ou menos, ou localidades que são mais perto do mar ou não, ou que são mais montanhosas ou não, além do tipo de comida que é consumido. Tudo isso tem que ser levado em consideração até porque nem todos vivem da mesma maneira”, conclui o documentarista.

Ficha técnica

Direção: Eduardo Rajabally
Ideia Original e Argumento: Márcio Atalla
Roteiro: Selma Perez, Eduardo Rajabally, Márcio Atalla e Joana Kfuri
Direção de Fotografia: Humberto Bassanelli
Montagem: Selma Perez
Texto: Daniela Garutti
Som Direto: Miquéias Motta
Música: Diogo Poças (PlugIn Estúdio)
Coordenação de Produção: Adriana Tavares
Direção de Produção: Marina CostaManso
Assistência de Direção: Joana Kfouri
Produção: BossaNova Films